Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CINQUENTÃO E O GAROTO EXPERIMENTEI DAR DE 4

Este é a terceira vez que escrevo para vocês contando minhas aventuras.

Quem leu os outros dois contos sabe que acabei sendo traído pelo tesão e passei a dar para meu garoto. Estamos vinvendo isso a meses de pelo menos três veze por semana nos encontramos e deixamos nos levar pelo sexo.

Depois que ele me fez descobrir o tesão que sinto quando sou tocado e chupado nos peitos, ele teve total domínio sobre meu cu pois fico louco para ser enrabado quando ele faz isso. Teve um dia que estávamos deitados, fazendo um 69 e como sempre cheios de tesão, ele gozou na minha boca e eu fiquei sugando cada gotinha, lambendo seu pau e sugando devagar até que foi ficando mole, engoli todo seu gozo, gosto de ser fodido na boca gosto quando ele goza na minha boca como se fosse uma boceta ou um cu. Ele parou de me chupar e eu fiquei ainda com tesão. fiquei tentando fazer ele voltar a ficar de pau duro. Ter 19 anos tem essa vantagem o pau tá sempre duro e logo ele estava me chupando os peitos e dizendo que queria meu cu, que queria gozar dentro de mim e fazer com bem força, queria que eu gemesse de dor. Aquilo me deu um puta tesão ao mesmo tempo que temi pelo fato daquele pau grande me comer com força. Fiquei de 4 e pela primeira vez ia ser enrabado naquela posição, pedi para ele me excitar, lamber meu cu e chupar e apertar meus peitos. Ele fez gostoso e de quebrar me chupou um pouco pois adora chupar meu pau. Continuava de 4 e ele foi para tras de mim de lambeu e chupou e cuspiu no meu cu que já piscava querendo seu pau todo dentro. Ele começou a meter e por mais que você dê muito o cu, sempre doi quando estamos sendo penetrados. Ele foi enfiando e pegando no meu pau, dar o cu de 4 doi muito, mas eu queria e estava com tesão, definitivamente gosto de dar o cu. depois que meu cu recebeu seu pau ele começou a bombar, segurando nos meus quadris e enfiando com força, fazia barulho e meu corpo balançava de tanto que ele empurrava, doia muito, doia demais e ele me xingava de viado e dizia que queria me ouvir pedir arrego. Eu dizia que doia demais, que ele estava acabando de me esfolar de vez, mas que não ia desistir porque gostava de ser enrabado e queria era mais. ele fez com mais força e não tive como não gemer de xingar ele dizendo que ele tava me rasgando, que meu cu estava fervendo mas que queria e queria muito que ele continuasse até me encher com sua porra deliciosa. Finalmente ele gozou e enquanto gozava me empurrou com força e acabei deitando, o pau dele entrou de vez com o peso de seu corpo e eu fui à lua e voltei de tanta dor, apesar de já estar dando meu cu a meses nunca tinha sentido tanta dor. Fiquei deitado com ele em cima de mim ofegante e cansado, até que seu pau foi ficando mole e saindo de dentro de mim. ELe começou a dizer que tinha sido a foda mais gostosa que ele tinha dado comigo e que ia querer mais assim que descansasse. Senti sua mão na minha bunda e em seguida no meu cu que parecia estar em brasa. Ele olhou e falu que estava super aberto e começou a enfiar um, depois dois e depois quatro dedos de tão arrombado que eu estava. Sá que não aguentei e pedi que ele tirasse os dedos. Ele começou a lamber meu cu e sua porra que estava começando a sair. lambeu por um bom tempo e deitou ao meu lado, quando me mechi vi que estava melado de porra, foi quando percebi que eu havia gozado com aquela enrabada tão dolorida. Foi quando pensei que se eu havia gozado naquela foda é porque realmente eu gostava de ser fodido. Depois de algum tempo ele me chupou o pau e me fez gozar na sua boca. Enquanto descansava ele me virou de bruços e deitou em cima de mim. Falou que queria que outro dia eu mesmo me enrabasse sentando no pau dele até o fundo. Falei que com certeza não seria naquele momento pois estava com o cu acabado. Ele disse que eu relaxasse pois seria sá outro dia e voltou a me comer, so que deitado em cima de mim. Senti seu pau novamente entrando por meu cu adentro, mas como ja´estava mesmo arreganhado foi um penetração mais fácil. Como já havia gozado três vezes ele demorou pra gozar desta vez deforma que maltratou mais ainda meu cuzinho e eu voltei a gozar no meu cu e ser mais uma vez enchido de porra. Ele voltou a me lamber o cu e a chupar sua prápria porra. Pediu que eu limpasse seu pau com minha boca e assim ficamos por mais um tempo. Foi um dia de muito gozo e de cuzinho dolorido e quente. No dia seguinte não dei para ele pois não aguentei quando ele tentou e acabou que aconteceu algo muito, muito gostoso.

Vou contar de uma práxima vez.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contoseróticos comendo a família inteirasou evangelica casada treprei com dois contosMe comeuContos gordinha na infânciaXoxota contostravesti escitada com amiga dotada tocando de roupaminha mulher adora ser brechadaquer q minha mulher trepe com outrocontos erroticos garroto comeu minha mulher dormindovideo de presediario comeido buseita na cadeia no dfminha mulher deixou a calcinha suja de porra no banheiro contos eroticosconto erotico minha namorada e meu tiocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos comi minha espetoracontos eróticoss tio fudeu a minha noivaconto menina safadinha anoscontos eroticos arrombando a gordacomo perdi o meu analcoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso Alegrecontos eroticos pastorMulheres negras tranzavam com homem brancocontos eróticos comi a mulher casada aqui na minha casahistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadaporno conto relava aquele peito em mimcontos eróticos - meu pai fez vazectomia para vermos juntoscontos eroticos dei para meu sobrinho e os amigos delecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrascontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos irmao fodendo irma novinhaporno mamei tanto o peitinho q inchouEu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticoContos eroticos Mamãe putachupei o grelo da minha amante contos eroticoscontos eroticos meu pai me pegou na siriricaConto erótico gay caçamba de carro de madrugadao cu rosinha de minha neta de 9 aninhosconto erotico pelo buraco da fechaduraminha mulher sua irmã novinha conto eróticoflagrei meu pai cheirando minha calcinha nijadaconto dono da minha mulhercontos euroticos porno tia luciacontos eroticos já nasci putinhaContos eroticos pai q criou a filha sozinha trepando cm a filinha virgemprimo de rendinha metade da bunda de fora em calcinha cabelo que sai para foracontos eróticos de dominação com a mãe do amigocontos eróticos no cu com cachorroscontos eroticos gay entre primoscontos sogra punhetaminha ex cunhada e minha amante ela e casada contoscontos gays amigo do paicontos eroticos arrombando a gordacontos erotico comi cu da tia no conventoConto erótico me deu sonífero comeu minha bucetajumento humano. contos buceta carnuda comtos de sexoporndoido ruivas cabelos enroladoscontos eroticos cadeiaconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoraContos eroticos tia morado na minha casavi outro gozar na boca de minha mulher contoscontos iniciado no banheiro do trabalhocontos eróticos ele colocou o vibrador na potência máxima na minha bucetacontos pai chupando filhaMãe mamando pau do filho contoseroticoscontos eróticos de estupro concedido de estudantesSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticocontos eroticos de incesto: viajando com a mamaeEmpregada Triscando no meu pau contomoreninho hetero marrento contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteFoto picudo estotando a bucetinha da casadameu titio gay contoEu eo velho da pica grande contos