Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A PRIMEIRA FESTA SWING DE RAQUEL

A Primeira Festa Swing de Raquel

Meu nome é Jullyanna e as pesssoas me chamam de Jully ou simplesmente Ju, tenho 36 anos, sou casada a 15, tenho 2 filhos, sou morena, ñ sou alta, tenho 1,58m porém tenho belas pernas, bunda e seios, essas são as coisas que realçam o meu corpo, ñ sou o tipo avião, mas consigo tirar alguns suspiros do sexo masculino e às vezes do feminino.

Meu marido é um homem bem safado, um dos motivos que me fizeram escolhe-lo, já na época de namoro ele deixou bem claro do que gostava na área sexual, ele foi meu 1ª homem, tinha 22 anos, mas deixou claro que ñ queria ser o único. Nos 5 primeiros anos de casada aprontamos muito, tivemos altas transas em locais públicos e ás vezes com pessoas nos olhando, ele sempre teve vontade de colocar outra pessoas em nosso meio, porém eu ñ me sentia preparada.

Com 5 anos de casada eu tive meu 1ª filho e logo depois as coisas esfriaram, para mim, ele continuou fazendo o que gostava mas com minha autorização e supervisão. Quanto fizemos 19 anos de casada, meu filho estava com guase 5 anos e o meu corpo já estava totalmente em forma, pois na gravidez engordei bastante, meu querido marido me presenteou com uma linda garota para que eu passasse o dia todo com ela em um motel, esse foi meu retorno ao nosso mundo maravilhoso de sexo prazeroso.

Mas o que vou relatar hoje aqui foi o que aconteceu em uma festa de aniversário de casamento, fiz esse relato para que vcs conheçam um pouco + sobre mim. Um casal amigo nosso nos convidou para a festa de 25 anos de casamento deles e nos avisou que seria uma festa swing, onde os casais poderiam transar livremente entre si ou com terceiros e como já estavamos iniciando no meio swing, ñ deu para recusar.

No dia e horário combinado, que era um sábado à noite, estavamos lá. A festa estava átima, pessoas se divertindo livre, leves e soltos, já de madrugada reparei que havia uma jovem morena que sempre ia no meio da sala dançar e gostava de agarrar e ser agarrada por garotas, achei ela tesuda e me enterresei, ñ queria mas ser caçada, resolvi caçar. Fui em busca de informação, os amigos sá sabiam que eram um casal novo que nunca tinham participado de algo assim e estavam enterresados, os donos da casa me falaram que era a 1ª vez que os via sá os conhecia pelo orkut.

Fui pra pista de dançar e comecei a dançar, coisa que faço muito bem e que gosto, comecei a seduzi-la, dancei provocando-a, logo ela estava atrás de mim me apalpando a bunda, me abraçando, comecei a esfregar minha bunda com ousadia nela e ela gostou, pois me abraçou com força e se esfregou tbm. Me virei e comecei a dançar de frente para ela, rebolando, descendo e subindo com minhas mãos na lateral de seu corpo, ela sorria e me tocava, queria ficar tocando minha bunda, então abracei ela coloquei uma de suas pernas entre as minhas e comecei a rebolar, fazendo com que ela entrasse no ritmo da música e fizesse o mesmo e logo ela percebeu minha calcinha ensopada, meladinha e tesuda pelas transas anteriores e pelo que estava acontecendo.

Meu marido apareceu por trás e me agarrou já sabendo pelo meu estado o que eu queria que acontecesse, então ele veio dá uma mãozinha. Colocou meus seios para fora e ficou brincando com eles no ritmo da música enquanto dançavamos, ele pegou a mão dela e colocou sobre um dos meus seios, que mão macia e quente, ela começou a brincar com meus mamilos de imediato e aquilo foi me esquentando a buceta, minha buceta começou a latejar, eu queria mais que aquilo, então a beijei, beijei-a com paixão e com muito tesão, minhas mãos começou a pecorrer o corpo daquela gata, ela gemia, me abraçava e me beijava. Percebi que ela queria ser amada de uma forma diferente, queria sexo despudorado, queria sentir o máximo dos máximos em prazer, queria um gozo alucinante, ela queria, ela queria e me queria eu ñ podia decepcioná-la.

Aos beijos e amassos fui conduzindo ela para um canto, encostei ela numa parede e já fui tirando seu vestido e cai de boca em seus seios, pequenos, durinhos e deliciosos como os meus na juventude, ganhei + volume nos seios depois da amamentação, mordi os biquinhos dos seios dela e ela gemeu, passei a sugá-los com mais força e minha mão acariciou a buceta dela por cima da calcinha e percebi que estava bem meladinha, ela me agarrava com tanta força, se esfregava com volúpia e gemia cada vez + + +. Coloquei minha mão por dentro da calcinha e senti seus pelinhos meladinhos, comecei a explorar com delicadeza aquela bucetinha e a sugar os seios, hora um hora outro e de repente escuto um grito é ela gozando, palmas se ouvem ao nosso redor, achei excitante aquilo e pouco para quem quer gozos alucinantes.

Então a beijei com paixão, acariciando sua buceta, desci beijando seu pescoço, seus seios, sua barriguinha, suas coxas, sua virilha, sua buceta por cima da calcinha, uma minúscula calcinha vermelha em forma de borboleta, tirei sua calcinha e coloquei-a encostada na lateral do sofá e comecei a chupá-la, minha língua descia e subia naquela linda bucetinha, de repente ela colocou uma das pernas no braço do sofá, percebi que ela tava gostando de ser chupada e queria +, chupei gostoso aquela bucetinha que tava bem tesuda querendo gozar +, suguei seu grelinho e ela soltou um gemido que me tirou de árbita, ela começou a esfregar a buceta em minha cara, eu chupava seu grelinho, enfiava a língua dentro da buceta, chupava com gosto até que outro gozo surgiu, a garota gritava que aquilo era uma delícia e apertava minha cabeça contra sua buceta, aquilo me deixou louca, continuei chupando a buceta dela e resolvi chupar com + força e coloquei um dedo dentro dela, depois outro, depois outro e ela rebolando nos meus 3 dedos.

Fudi ela com 3 dedos entrando e saindo de dentro dela, sugava seu grelinho e ela gemia e rebolava, a garota tava gostando tanto que implorava para eu ñ parar, eu comecei a massagear o cuzinho dela com a outra mão, ele tava bem fechadinho e pensei nunca foi comido, com os dedos que estava fudendo ela passei a entroduzir em seu cuzinho, ela quiz recuar, suguei sua buceta e passeia a brincar com a língua em seu grelinho e ela foi cedendo, 1 dedo, 2 e depois 3. Ela tava rebolando sua linda bundinha nos meus dedinhos, enviei + 3 em sua buceta e suguei seu grelinho com força, paixão e tesão e o gozo dela aflorou novamente, ela gritava feito louca e eu muita excitada ñ parei e a fiz ter um gozo múltiplo, minha especialidade com mulheres, a garota foi a loucura o marido até foi pra perto nessa hora, acho que ele pensou "minha mulher vai morrer", me levantei e a beijei, hora eu a beijava hora eu a fazia lamber meus dedos, levantei umas das pernas dela, coloquei em volta de minha cintura e comecei a me esfregar nela, agora era a minha vez de ter um belo orgasmo e ele foi belo e maravilhoso, eu estava tão cheia de tesão que logo gozei.

A garota precisava de ar, precisava se recompor, ela tava delirando, dizia estar no céu, no paraíso, ter chegado no fim do arco-íris. Levei-a pro banheiro, disse a ela que seria bom uma ducha para voltar a realidade, ela estava super feliz, víamos isso em seu rosto, Nás 2 fomos pro banheiro tomar um banho e lá outras coisas aconteceram, sá que em um outro conto eu continuo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos domia ele cospi nu meu cucontos fode mesmoporn contos eroticos casada na coleiraconto porno paicontos eróticos prima e irmãcontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos namorada e tioesposa grupal com 18 aninhos contosprimeiro adulto contos eróticoscontos eroticos enrabei minha irma gostoza e casadasexo gay quando eu era pequeno okinawa ufa contoscontos coloquei so a cabeça do pau no cuzinho da minha filhacontos fingi que dormia e comi minha filhavideos mulheres negras coroas de absorvente internogozei na buceta da maninha engravidouconto erótico o que rola em cine Porno do Brasilcontoseroticos fiz chantagem com minha chefeEu e meu irmao em uma viagem de feriado eu e ele fomos pro hotel eu e meu irmao na cama do hotel eu chupei o pau do meu irmao ele chupou minha buceta meu irmao fudeu minha buceta conto eroticose exibindo pro.moleques conto eroticoconto mamando minhas tetas e me abusandocheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****Contos eróticos picantes pecados na igreja com padrescontos eróticos cuzinho da mamãecontos manaconto erótico meu filho pediu uma espanholacontos eróticos esfregaçãominha esposa a raspadinha contocontoseroticos de eu e minha filha e minha afiliada e seu Zécontos de mae fudendo com o próprio filhocontos eróticos comendo mamãecontos namorada deu o cu paramoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticoscontos vizinha feiacheiro de pica contos gaycontos eroticos prima e amigascontos eroticos com mae e filho e pai assistindoconto erotico meu professor me encoxou para senti seu pauContos eroticos estupros coletivos veriticoscontos torei uma menina de dez aninhos filha da amiga da minha esposacontoseroticoscomi o cu do mei paiconto erotico meu sogro de 60 anosPorno tesao na zoofilia relatoshomem encoxa pinto por baixo da saia da mulher sem ela percebecontos de foder empregadaconto erótico escondidofodida junto com o marido contos eróticoscontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãovirei puto do bar conto gayconto sexo uma família especial cheirei o fundinho da calcinha usada da minha tia safada contoscontos de esposas putasinseseto commforcarelatos reais minha eaposa pediu pro amigo comer o cu virgem delaconto erotico pm macho batalhão estocadascontos de sexo entre conhados gaycontos mia mulhe linda aromou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rola deleconto erotico aconteceu no onibuscontos eroticos putinha desde novinhamaravilha conto heteroPornodoido passistasposso dilatar a porta do meu anus todo dia?Trepadas no caminhao cabinecontos porno me chupou dormindocontos erotico de virgem estrupada por a lambida de animalcontos eroticos Netinha dando cu pro vovóestupro patricinha contochupei a pica do colega de escola eu gostei sou gayconto minha madrasta me transformou em mulhercontos eróticos a enteada bem novinhafilmes de bucetas cabeludas e bucetas com toquinho de cabelosrelato ocaseiro do sitio arrombou o cu da minha esposacontos eróticos mãe e filhaamiga da minha filha tezudinhachaves sotinho ponoMeti.o.pal.no.cu.de.minha.filha.gravida.dormindo.contos eroticos depois daquela pica a buceta da minha esposa nunca mais foi a mesmaminha mae era puta do meu avô contosgordinho tetudo gay contossexo oral na filhinha contos