Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SÓZINHA E NO CIO

Herdei uma casa imensa de meu falecido marido, onde trabalho e vivo com minha filha Bruna.

Temos muitas grades mas por precaução, resolvi colocar também cães para vigilância, mas tinha muito medo desses cães famosos por sua ferocidade até com os práprios donos, como os Pitbuls.

Perguntei a amigos e acabei comprando um casal de dogs alemães, que são enormes, feios, mas dáceis. E ainda poderia ganhar algum dinheiro com a venda dos filhotes.

E assim transcoreu a vida com os cães fazendo parte da nossa rotina, muito carinhosos comigo e com Bruna, hoje com 19 anos e responsável pelos cuidados dos animais, como dar banho por exemplo. E isso ela faz com muito gosto e descobri porque certo dia.

Muito calor, Bruna colocou um biquini e foi para o quintal nos fundos de casa lavar oc cães (Xuxa e Rambo - super original né? hehehe) e eu estava preparando o almoço quando notei algumas atividades diferentes naquele banho dos cachorros.

Primeiro Bruna lavou a Xuxa em 19 minutos, mantendo o Rambo preso, depois inverteu as posições e passou a lavar o macho, com muito carinho, bem devagar, principalmente no sexo do bicho, esfregando e ao mesmo tempo se esfregando no cachorrão. Sem perceber que eu a observava, se agaichou e deu uma lambida no pau de Rambo que já estava enorme a essa altura, tirou a parte de cima do biquine e fez com que Rambo lambesse seus peitos bem grandinhos para uma garota de 19 anos.

Eu ia brigar, chamar a atenção, mas confesso que achei aquela cena muito interessante, excitante, principalmente quando finalmente Bruna se abaixou e chupou com vontade o sexo do dog cinza de 2 anos e plena virilidade e depois punhetou até o bicho solttar uma golfada enorme de porra nnas pernas da menina.

Passei a obervar minha filha e notei que ela mantinha essa safadezazinha constantemente com o animal, seguida de longas seções de masturbação em seu quarto.

Fim do colegial,viagem comemorativa de formatura. Bruna e os colegas passarão 1 semana numa praia do nordeste, e prá mim, sobra a solidão e os afazeres domésticos, que inicialmente me chatearam, até chegada a hora de cuidar dos cães.

Como eu sabia dos hábitos da Bruna, perdi o medo, confiando que os cães (o Rambo), se dariambem comigo também, e estava certa. Xuxa se comportou como uma dama na hora do banho, muito calma e comportada. Já o Rambo estava mais arisco. Será porque eu já comecei o banho sá de calcinha, sem mais nada? hehehe!

Eu queria provocá-lo, eu queria sentir oque a Bruna vinha sentindo a muito tempo, mas acho que extrapolei. lavei o macho cinza com todo carinho e energia e consciente que estava bem limpinho passei a provocá-lo como uma fêmea no cio, levantei seu rabo e lambi suas bolas peludas, ele quase me derrubou com seus quase 40 quilos, dei a volta, depois de amarra-lo, sentei junto do seu sexo e comecei a tocá-lo, punhetá-lo e chupá-lo. Rambo estada ficando doido, se mechendo muito e com o pau ficando enorme, quando resolvi arriscar mais e tirei minha calcinha, me levantei e fui até seu fucinho e dei a xana prá ele cheirar. Ele cheirou e lambeu muito, fiquei maluca e ensopada de tesão olhando aquele cacete pingando com uns 20 cm de cumprimento.

Pensei:-Se vou aprontar, que seja prá valer.

Soltei o cão que passeou a pular em cima de mim querendo me cobrir, ele latia e me mordiscava. Fiquei meio assustada mas fui em frente, fiquei de 4 e esperei a cobertura do Rambo que não demorou, ele pulou nas minhas costas (um peso enorme) procurando meu buraco para enfiar sua tora vermelha, eu o ajudei, guiando com a mão seu pau até encontrar minha vulva ensopada. E ele meteu, meteu com tanta força que senti dor no começo, mas logo aquele caralho canino, grosso, quente, úmido, foi me fazendo feliz a medida que engrossava dentro de mim, que a dor logo não importava mais e diminuiu até o gozo incrível de meu dog cinzento. Gozei muito antes dele e agora estavamos naquela situação constrangedora com ele engatado em mim, aguardando o pau desinchar e sair de mim. 19 minutos ficamos assim, até que devagarinho Rambo saiu de mim, me cheirou, lambeu bastante me causando outro gozo incrivel e depois se afastou para fazer sua higiene pessoal canina (leia-se se lamber), enquanto eu, esgotada mas muito feliz, fui pingando porra por entre as pernas até o chuveiro onde passei mais de meia hora.

Gostei, Bruna tinha razão e assim que ela voltar vou contar-lhe sobre meu novo amante e convidá-la para a práxima festinha que for fazer com ele, cachorrão gostoso, tesão.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos tomando porraConto erotico Comendo minha madrinha na casa de praiacontos eroticos de manauscomtos d primos d 30 cumemdo cusinho d priminhas d 15googleweblight língua no c* da gordacontos gay meu pai me pegou no flagracontos eróticos transando com o cara do carnavalPorno mobile boqueternoconto erotico viadinho dei meo fu virgeEstourei o cu da crente na viagem contosfilhinha tezudinha contostravesti pito duro gozanocontos erotico de jornalista sendo errabada na academiacontos meikilaconto pai por favor mim enxugacontos putinha galeraprofessor cacetudo comendo o cuzinho do menino afeminado no banheirocontos de coroa com novinhocontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolacontos chupando o pau do tio da creccontoseroticoscabacinhotaras de ficar olhando outroa fuderhttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto_29412_eu-e-sil-sua-mae-assiste-tudinho..html&ei=1Kd9m-1b&lc=pt-BR&s=1&m=817&host=www.google.com.br&ts=1490805753&sig=AJsQQ1BphuM3pDKWCoUN5S7o2Fw319rWgQporno mobile sequioso animal com mulherescontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosacontos eroticos de estuproSexo no aterro do flamengofodas de esposas q gostam de ser curradasVideos porno com genro comendo sogra da buceta grande e grisalhadar conto heterotenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordaconto comendo meu amigo bundudo sem ninguen saberpornô mobili com coroa e vamos até gozarconto moreno heteroCasa dos Contos Eróticos tirando as pregas da sogracontos erotico-comi minha irmafotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarcoroas ensaboando cacete do jovencontos eróticos com amiga da mãechupou pau de flanelinha dentro do carrominha mae me prostituia conto eroticoarrombando a enteada contosLóira safada narra conto metendo na coberturaera menina meu primo batia punheta pra mim olharfudendo a sobrinha rapidiho no quintaleu liberei minha esposaNegão dotados contoseróticoscontos eroticos minha mulher piranhameu cu no formato da contossou loira baixinha paguei de puta no samba contos eroticosimagens/do chaves efiando o/pau nu cu da chiquinhaxvidio masturba pesandocontos eróticos eu provocava meu primo novinhoContos vendo corno Minha namorada gozada arrombada gritandocontos recentes incestuosas encoxada segredos flagradoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos depois daquela pica a buceta da minha esposa nunca mais foi a mesmadei,dou,e sempre darei a buceta em contosfoi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelaguais sao as deusas da punhetaContos eroticos seios vermelhos tio e sobrinhacontos eróticos minha mãe pintinhodormindo ao lado conto eróticorelato da minha esposa na fazendacontos eroticos gay comi um novinho pequenino sem remorsomeu filho me fodeu com raivacontos eroticos bebadosvirei puto do vovo conto gaycontos siririca no elevadorcontos eroticos espermacontos eroticos incesto com avôcontos eroticos comi uma mulher casada em uma cidadezinhamulher louca de tesão gozando no peito na boca o dedo na bocacontos gay bebado pai