Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MULHER, SUA AMIGA E ROQUE (UM CACHORRO LABRA

Olá, eu me chamo Michel e vou contar uma histária verídica que aconteceu comigo, alias, com minha mulher, mas ao contrário do que muitos fariam, eu não fiquei com raiva, mas sim, excitado com a sena que presenciei.

Essa histária começa assim: Minha mulher, que tem vinte e três anos de idade começou a trabalhar numa clínica odontolágica bastante requisitada em minha cidade, então foi quando começou sua amizade com uma das funcionárias, Carmem, uma gostosona viciada em academia de ginástica, agora imaginem o corpo desse avião, ela tinha mais ou menos um 1,67 de altura, corpo super sarado, morena, em fim, uma mulher com todas as medidas perfeitas e quando ela vem aqui em casa com sua roupa de ginástica, noooooosa, que buceta grande e gostosa que ela tem.

Bem, no início foi tudo normal, mas uma dia comecei a achar estranho uma coisa,, minha mulher é de poucas amizades e detesta fazer visitas, geralmente são suas amigas que vão até minha casa por convite dela ou de surpresa, mas com Carmem era o contrário, minha mulher é que sempre ia a sua casa, até ai isso sá me incomodava por que às vezes eu ficava a pé em casa, pois ela gostava de ir em nosso carro e quando ela não estava lá na casa da Carmem era a amiga que ligava pra ela várias vezes por dia e inclusive altas horas da noite. Foi ai que fiquei desconfiado, achei que essa amiga poderia ta arrumando algum amante para minha mulher e então fiz o segui, em minha casa tem dois telefones, sendo que quando alguém esta falando em um, a gente pode escutar no outro, um fica no meu quarto e outro na sala. Eu peguei o telefone da sala um dia quando ela não estava em casa, abri e desativei o microfone do aparelho, aquela parte onde a gente fala. Assim, quando ela atendesse o telefone do quarto eu desceria pra sala e poderia levantar a extensão para ouvir a conversa se que ela percebesse (la vai a dica: o que faz uma pessoa perceber que tem alguém na extensão é o microfone do aparelho) foi logo Carmem ligou daí fui para a sala sentei no sofá e comecei a ouvir.

Ela dizia para minha mulher: Cadê o Michel, ele ta ai perto? Minha mulher respondeu que não, então ela disse, bom então tu pode falar né! Ela respondeu: posso! Então Carmem falou, vem pra cá mulher vamos fazer aquele negácio e ela respondeu que tinha medo e não sabia se tinha coragem. Fiquei bastante desconfiado com isso, passaram todos os tipos de coisa pela minha cabeça. Elas conversaram por mais ou menos uns cinco minutos então minha mulher disse que iria na cada dela á noite para tentar, mas que não garantia se ia até o fim por que tinha medo.

à noite eu esperei ela sair no meu carro e pedi um táxi quando cheguei práximo à casa de Carmem desci na esquina e já via meu carro parado na porta, fiquei uns dez minutos num barzinho práximo, tomei uma cerveja e criei coragem para ir lá ver o que estava acontecendo. Quando cheguei lá, para minha surpresa o portão da casa de Carmem estava aberto daí entrei e a porta também estava sá encostada, escutei elas conversando no quarto de Carmem.

Sua amiga dizia, mulher tu nem imagina o tanto que é gostoso e minha mulher disse, eu não acredito que você já fez!!! Carmem disse, claro que sim, vamos, eu te ajudo e minha mulher disse, ta bom mas vou sá tentar viu!!!

Carmem disse, então espera ai que eu vou buscar o roque...

Ela saiu do quarto daí pensei que ela fosse ligar para o tal Roque, mas para minha surpresa ela foi para o quintal, nesta hora fechei a porta quase toda deixando aberto somente uns dois centímetros para poder olhar.

Escutei Carmem falando alto, Roque vem cá, e voltou para seu quarto e para meu espanto Roque era um cachorro labrador muito bonito e grande, ele correu e entro no quarto daí já veio logo em minha cabeça que ela poderia esta querendo transar com o cachorro e de preocupado passei a excitado. Fiquei uns cinco minutos parado na porta e tive a idéia de dar a volta pela lateral esquerda da casa até a janela do quarto de Carmem e o que assisti me deixou louco.

Carmem mandou minha mulher tirar o short e deitar na cama deixando as pernas para fora e disse ainda, “não tenha medo não que o Roque é bem mansinho” e começou a pegar no pau do cachorro que estava deitado no tapete e logo seu pau saiu todo pra fora e ela começou a chupar, minha mulher disse, “eca.....tu não tem medo de pegar uma doença não?” ela disse não, meu Roque é mais saudável do que qualquer homem por ai porque ele nunca nem cruzou com cadelas, eu sá deixo ele fazer essas coisas comigo e abocanhou todo o pau do labrador.

Minha mulher ficou olhando e ficou de joelhos no tapete do lado do Roque e começou a alisar ele e logo pegou no pau dele e Carmem falou, quer chupar um pouco? Ela disse acho que sim e limpou o pau dele com uma toalha e meteu a boca mesmo, fiquei excitadíssimo e deu vontade de dar a volta e entrar no quarto mais isso ia cortar o clima delas e a parada não ia rolar então fiquei sá assistindo.

Minha mulher abocanhou e chupou feito uma louca daí Carmem falou, agora deita na cama, e ela levantou, tirou toda a roupa ficando nuinha e deitou na cama, Carmem abriu bem as pernas da minha mulher e chamou o cachorro, Roque vem aqui vem.

O cachorro parece que entendeu direitinho e começou a lamber a bucetona da minha mulher e ela começou a gemer. “Ai que língua gostosa” e sua amiga disse, olha ai, eu não disse que era gostoso! E a sacanagem continuou com aquele cachorro enorme com o focinho enfiado naquela buceta e ela se torcendo como uma cobra. Nisso se passaram uns dez minutos e sua amiga disse, e ai vamos botar para ele te penetrar agora? Minha mulher disse, vamos tentar.

Daí a safada da sua amiga posicionou ela de quatro com os joelhos no chão e o corpo sobre a cama e o cachorro começou a lamber sua buceta por trás e ela começou a gemer novamente a Camem abriu o guarda roupas e pegou umas meias e colocou nas patas dianteiras do Roque e ele logo subiu nela e pôs sei pau para fora e começou a cutucar sua bunda e sua amiga segurou no pau dele e colocou bem no lugarzinho certo e ele deu uma metida assim forte que minha mulher gritou, mas Carmem disse, calma que no começo é assim mesmo e o cachorro começou a bombar feito um louco e ela dissendo, mete, mete, mete nessa buceta mete Roque, gostoso...

E daí para completar a maluca da sua amiga tirou a roupa e começou a se masturbar deitada na cama do lado da minha mulher e começou a pegar nos peitos da minha mulher e apertar como se fosse esmaga-los e ela gritava e gemia como uma doida e disse para ela chupar seus peitos e Carmem não perdeu tempo foi logo de boca e começou a mamar. Depois de algum tempo Carmem disse, gatinha agora fica bunda pra ele te comer por traz. Então tiraram o Roque de cima dela e ela ficou com as costas para cima e de joelhos no chão e sem ninguém mandar o cachorro subiu e começou a tentar penetra-la outra vez e para a coisa ir mais rápida Carmem guiou seu pau novamente para a buceta dela e quando ele acertou o lugar deu outra metida com força, mas dessa vez minha mulher disse, me rasga cachorrão gostoso. Nessa hora sua amiga sentou na cama entre a parede e o rosto de minha mulher (para não ficar muito repetitivo vou chama-la de Érica) ficando com uma perna para cada lado e o rosto de Érica bem na frente da buceta de Carmem e ela falou, o que você ta querendo fazer? E Carmem respondeu, adivinha, eu quero que você chupe minha buceta, mas Érica disse que não e Carmem disse, ora mulher tu ta com um cachorro com o pau metido na tua buceta te comendo e vem me dizer que não tem coragem de me chupar!!! Daí ela disse, ta certo mas se eu não gostar eu paro viu...

E começou a chupar aquela bucetona deliciosa, pra falar a verdade fiquei morrendo de inveja. Nessa hora começaram as duas a gemer, meu coração tava pra sair pela boca de tanto tesão. Então Érica começou gemer mais forte e percebi que ela tava começando a gozar e Carmem disse, goza safada e levantou seu rosto e lhe deu um beijo na boca e mandou ela continuar chupando e falou que ia gozar também e chamando Érica de tudo quanto é nome... me chupa sua cadelinha, eu vou gozar nessa casa safada sua e deu uns tapas na cara dela e disse vai, vai, vai que eu vou gozar agora e Érica disse, eu também vou gozar e ao mesmo tempo começou a ficar ofegante e meter com mais força, mas as duas gozaram primeiro e Érica dizia ai, que gostoso, ummmmm...ai, ai...... e gozaram ao mesmo tempo e logo o Roque gozou também e quando tentou descer percebi que ele não conseguia daí pensei, nossa ele ta engatado nela e Carmem também percebeu e ficou em pé e ajudou o cachorro a descer e ficaram os dois ali de bunda com bunda e Érica ficou preocupada e disse, mulher tu não me disse que ele ficava assim e Carmem disse, ah mulher tu não sabe que todo cachorro fica assim quando termina de trepar não, tu nunca viu um cachorro engatado com uma cachorra na rua? Sabia mas não sabia que com mulher também ficava.

Nesse momento ela ficou de joelhos, levantou o tronco e tentou tirar o cachorro que, claro, não saiu. Carmem disse para ela se acalmar que ia sair em uns 19 ou 20 minutos e Érica começou a querer chorar e disse, não mulher, me ajuda aqui a tirar esse cachorro e sua amiga disse mais uma vez para ela ficar calma e fez com que ela e o cachorro se deitassem no tapete e de certo, em uns 19 minutos Roque se levantou e arrancou o pau de dentro dela, e quando ela também se levantou, nossa, como derramou porra da buceta dela, daí pensei, caramba, olha o tamanho do pau desse cachorro, ai as duas se levantaram e Carmem chamou Érica para tomar um banho e levou-a para o banheiro do seu quarto e lá não pude mais ver nada mas ao que me parece elas sá ficaram conversando e Carmem falou, e ai é bom ou não é? E Érica respondeu, é sim mas sá não gostei de ter ficado engatada com ele, mas isso foi o de menos e da práxima vez você já sabe, não vai ficar mais nervosa e vai curtir mais não é, disse Carmem. E Érica respondeu, ai não sei se vou fazer isso de novo não por que fiquei com muito medo, maus confesso que é muito gostoso mesmo, mas quero de novo sim, mas sá semana que vem por que agora to com a buceta detonada. Ainda escutei Carmem dizendo para ela que queria arranjar um cachorro da irmã dela para levar para sua casa um dia para cada uma ficar com um cachorro e o outro era irmão do Roque e foram criados juntos por tanto não tinha perigo deles quererem brigar e Érica disse, então marca que eu venho. Ai desligaram o chuveiro e sai quase correndo para elas não me verem.

Ah e antes que eu me esqueça eu filmei mais ou menos uns trinta minutos dessa sacanagem com meu celular.

Bom eu sai e ainda bem que não tinha ninguém na rua pois a casa de Carmem fica assim quase como numa chácara e práximo sá tem mais duas casa e estas já estavam de portas fechadas pois já eram umas nove e meia da noite. Quando cheguei na esquina ia passando um moto-taxista, eu o chamei e ele me levou rápido até minha casa. Quando cheguei lá e entrei escutei meu cachorro latindo no quintal ele é um pastor alemão chamado Nick e já pensei logo em como podia fazer para que um dia eu pudesse colocar ela para trepar com ele, foi logo ela chegou com aquela cara de que nada tinha acontecido, daí fomos pro quarto e perguntei pra ela por que ela tinha demorado tanto e ela me disse que tava sá conversando com a Carmem daí eu disse, foi sá isso mesmo e ela mudou de cor e me perguntou por que eu estava fazendo aquelas perguntas para ela e eu disse, bom, em primeiro lugar quero que saiba que de maneira nenhuma eu estava zangado com ela e para ela se acalmar que eu ia dizer o por quê das perguntas ai fui contar para ela que tinha seguido ela por que estava desconfiado que a Carmem tava querendo arrumar algum homem pra ela e fui até a casa de Carmem, seguindo-a, nesse momento ela já sacou tudo e começou a chorar e me pedir desculpas, mas eu falei, calma, não estou com raiva de você, pelo contrario, fiquei foi super excitado com o que vi e queria fazer a mesma coisa com o Nick, se ela quizesse, é claro. Ela me perguntou o que exatamente eu tinha visto e eu falei que tinha assistido tudo pela janela do quarto desde o inicio até o fim e tinha gravado com o celular para assistir de novo quando chegasse em casa e ela pediu pra ver, daí pegou meu celular e foi ver as senas. Ela ficou com muita vergonha, mas eu, para mostrar que não estava chateado com ela perguntei para ela, “ e ai, quando vamos fazer isso com o Nick?” e ela disse que não ia fazer aquilo nunca mais e eu falei, bobagem, eu adorei ter assistido mas queria mesmo era ter participado da festinha e ela insistiu em não fazer mais aquilo mas eu conversei com paciência e acabei convencendo-a a concordar comigo e ainda exigiu, olha mais amanhã tu leva o Nick no veterinário e manda fazer uma geral nele por que o cachorro da Carmem é super bem tratado e o Nick sá é vacinado quando tem aquelas campanhas de vacinação. Eu, é claro, concordei com tudo e no dia seguinte quando estava saindo pro trabalho coloqeui o Nick no banco de traz, deixei no veterinário e disse para ele dar uma geral com tudo que ele tivesse direito inclusive vermifogo e exames de sangue, e no árgão genital, minha desculpa foi que ia coloca-lo para cruzar e o dono da cadela era muito exigente e por esta condição para que meu cachorro pudesse cruzar com sua cachorra.

Quando cheguei em casa no final da tarde trazendo meu cachorro chamei ela e disse, olha ai, agora ta todo vacinado e examinado e não deu nada mas precisamos esperar pelo menos uma semana para os remédios que ele tomou fazerem efeito e exterminar qualquer ameaça que ele possa oferecer. E ainda dei a idéia de chamar Carmem lá pra casa, já que ela tinha dado a idéia de pegar o cachorro da irmão dela e levar o Roque e ela me disse, bom, vou falar com ela, mas não sei se ela vem por que liguei pra ela e falei sobre nossa conversa e ela ficou morta de vergonha e com medo de você ir lá tomar satisfação com ela por causa do que aconteceu, ai pediu pra eu conversar com ela direitinho e explicar que não tinha ficado com raiva. Foi o que eu fiz e ainda falei da minha idéia sobre o Nick e ela topou.

Uma semana depois rolou a maior sacanagem lá em casa, uma orgia a cinco, eu, Nick, Roque, Carmem e Érica, mas isso eu conto em outra historia, se vocês gostarem eu escrevo a outra historia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


arrancaram a roupa e batem e ela chorava e esperneava e mamava mamadeiraconto coroa chupando piroquinhaconto a idosa tinha uma buceta e.ormecontos eroticos familiacontos eróticos filhinha bobinhaconto erótico -- brincando com os meninos na construçãocontos erotico foi horrivelestuprada pela quadrilha conto eróticofoi estuda com amigo18anos e transaoucontos minha mae liberalcontos eroticos uso fio dentalfilha campingda conto eroticotroca x troca feito com amigo e dando o cu contosdois primosconto cu dopadaporno do irmao que fode a prima de 4minutodfilho me fudeu na conaminha esposa deixa a buceta cabeluda e da pra o meu melhor amigo em relatosMeu marido comeu a minha filhacontos de sexo sogroLóira safada narra conto metendo na coberturacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentewww.contos eroticos madrinha virgem da cu cagandoconto gay me chamou para comer um veadoComi minha irma e minha sobrinha conto eroticoPraticantes de zoofilia com cadelas e jumentascontos minha filha gemia no quarto delafiz a vadia sentir dor contos eroticoscontos erotics maduras tias coroascontos eroticos calcinhao lutinha tapinhavedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhacontos eroticos dono de mercearia comendo a casadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos com mulheres estupradas selvagementecontos eroticos sou a puta dos meus primos piçudosmulheres loira amazonense traindo fazendosexocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cutransando com meu brothercontos grávida do meu genrocontos minha irmã deixacontos eróticos video gamevídeos pornô Santa Rita taxistacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de coroa com novinhoconto erotico meu cunhado viajou maninha pediu pra eu ficar com elaconto gemendo no pau do pone taradocontos travestis praiaconto sexo uma família especial minha irma casada contoscontos eroticos sexy romantico e gostosocontos eroticos mae e filha fodendo o papaia primeira f*** com travestiComto fragante depiladora Lerbicocontos erotico comi minha mae com meu pai em casadepilei minha filha e chupei a xota contoscontos eroticos dei a buceta para meu pai veridicocontos eróticos trai com consentimento do meu maridoContos eroticos com irmãs caçulas fodidascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaarreganha abuceta no fank muito gosotive que dar contos eróticosver contos com fotos excitantes no onibus.Contos sempre fui viadinho dos homens da familiaconto erotico mendiga cuconto gay pirocudo da academiaminha sobrinha pediu para mim gozar na calcinha dela contos eróticosContoTransei com duasContos eróticos mãe nãohoje morena bonita eu estou querendo te pegar gostoso hoje morena bonita todos têmgarotinho teen gemendo no pau e rebolando gostosoconto erotico comendo a mulher do pastorfilho me fudeu na cona