Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ACOMPANHANTE DE HOSPITAL RODA NA PICA DO ENFERMEIR

Sou enfermeiro e trabalhava num hospital particular de Manaus... Sou um tipo simples: branco, 1,72 de altura, tipo médio, com um olhar bem safado!



Estava visitando meus pacientes, todos praticamente estáveis. Concluindo assim que o plantão noturno seria bem calmo... Quando visito a ultima paciente tenho uma surpresa, não pela paciente em si... Que era uma senhora idosa e acamada! Mas pela acompanhante. Alta, morena, magra, com pernas longas, bundinha pequena mais durinha, olhos verdes claros... Que abriu um sorriso lindo com um brilho nos olhos que meu pau já sabia o que significava!



Era a primeira vista uma senhora, casada que impunha respeito... Mas aquele sorriso não me enganava!



O plantão foi transcorrendo sem anormalidade, como já tinha previsto... Não tentei nenhuma investida mais ousada cedo, por medo de ser pego por outro funcionário... Tinha que esperar o momento cedo, pra que eu pudesse comer aquela acompanhante de jeito...



Por volta de uma da manha, com o pretexto de fazer a ronda pra vê se tudo estava bem... Fui ao quarto da linda senhora. E a encontrei deitada na cama para acompanhante, lendo um livro. Mostrei interesse e perguntei o que lia, e fui sentado na beira da cama para melhor vislumbrar o seu belo corpo.



Ela corou, com a minha olhada, e com um sorriso sem graça disse que eu a deixava sem graça quando olhava pra ela daquele jeito. Disse que o corpo dela era maravilhoso e estava me deixando doido de excitado. Nisso aproveitei pra sentar mais perto e encosta o meu corpo no dela... Que estremeceu de leve com a aproximação mais não se afastou.



Com a oportunidade... Continuei... Disse que estava deste o inicio do plantão doido pra sentir o seu corpo. E comecei a tocar de leve a sua perna pelo tornozelo, subindo rápido pelas pernas, joelho e parando um pouco no inicio das coxas... Sentindo os seus pêlos delicados, sentindo a sua temperatura subir e ela abrir suavemente as pernas... Quase que conscientemente convidando a minha mão de enfermeiro a sentir o seu quente e doce licor que já pingava de sua xoxota.



Mas mesmo com seu corpo gritando por sexo... Ela baixinho pedia pra parar, que ela era uma senhora casada, que era errado, que não podia. Pra a fazer mudar de idéia comecei a beijar a sua nuca, fazendo ela gemer baixinho... O que a faz ela levar um susto com a sua prápria atitude... Ela levantou rápido da cama onde estava e tentou se afasta o mais rápido de mim...



Mas como já esperava por isso... Aproveitei pra agarra pra valer... Abracei ela fazendo ela sentir o meu volume... De 19 cm de comprimento e bem grosso.... E beijando como se fazia século que não fazia aquilo. E a puxei pra dentro do banheiro.



Começamos as caricias, loucas e gostosas. Tirei meu pau da calça, pois o mesmo já estava doendo de tão duro... e pedia um outro lugar pra se acomodar! Coloquei o meu pau no meio de suas pernas e comecei um gostoso vai e vem, sentia buceta quente e melada, afastei a sua calcinha e quando pensei que ia começar a empurra... Ela se esquivou. Pensei a primeira vez que era por que tinha esquecido a camisinha... E isso era natural... Coloquei a camisinha e tentei feliz da vida! Mas mais uma vez ela se esquivou! E todas as outras tentativas posteriores. Ela me olhou e disse que não poderia continuar a fazer... Que era errado e tudo mais... Aquilo me subiu a cabeça e fiquei puto...



Essa vagabunda não ira me deixar na mão! Pensei... Concordei com ela... E continuamos nos beijando e nos acariciando e fui virando ela bem devagarzinho... Abaixei a sua calcinha um pouquinho... E coloquei de novo meu pau no meio das pernas dela... Irei tentar mais uma vez... Pensei! E tentei... E mais uma vez ela se recusou! Ai fiquei com raiva... Essa puta vai me dâ hj e agora....



Chequei bem perto do seu ouvido e perguntei sussurrando... Quantos anos vc tem? Ela respondeu: Eu tenho 39 anos! Perguntei: Vc já deu essa bundinha maravilhosa? Ela respondeu: Não!!!! Nunca!!!! Então já esta na idade!!!! E coloquei meu pau na entrada... Qdo ela percebeu a minha intenção e tentou qualquer coisa empurrei sem dá... De uma sá vez no cú dela!!!!! Tampei a sua boca... Ela se debatia tentando se desvencilhar do meu abraço... Eu socava!! Feito um doido... Uma pompada atras da outra sem dá tempo pra ela se recuperar... Foram dez minutos contados no relágio e gozei feito um animal... Mas meu pau ainda estava duro! E fiquei parada com ele enterrado no cú dela... Ela respirava fundo, suada, tremula... Mas ela via pelo espelho a minha cara de satisfação!!! Ela foi se acostumando com a tora no seu cú e devagarzinho começou a se movimentar...



Fui soltando ela do abraço forçado... E deixando ela livre pra se movimentar... Não é que a puta tinha adorado ter sido arrombada!!!!! Meti três dedos na buceta encharcada dela e a fiz gozar... Uma, duas, três vez como uma putinha!!!!!



Qdo tirei meu pau estava todo sujo de sangue o porra!!!! Etâ cuzinho gostoso... Fomos para o banheiro tomamos um banho... Ai aproveitamos pra fazer o que estava doido pra fazer... Coloquei ela de quatro e meti gostoso na bucetinha dela... Ela dissendo baixinho... Fode meu enfermeiro gostosto... Mete essa pica maravilhosa!!!!! Gozei tudinho na boquinha dela dessa vez!!!!

Terminamos o banho e sai do quarto era quase 5 horas da manhã!

A parti dai.. Comi o cú dela varias vezes... Pra ser mais sincero!!! Sexo com ela tinha que começa fudendo com força o cú dela...

Quem quiser um enfermeiro.. Me escreve!!!!



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comparando paus contosconto minha tia pelada no quintalcontos erotico na balada com a irmacontos esposa nua frente familiacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticonto pai ai meu cuContos eróticos de incesto filhinha caçulinha dando em cima do paiconto erotico gay amigos heterospeguei um menino pra comer minha buceta velha contoscontos eroticos fodir ater perde a vondecontos eroticos meu marido trouxe um amigo negao pra dormir em casaComendo cu de mulher dormindo conto eroticoconto coroa chupando piroquinhafudendo com outro contoscontos eroticos arrombando a gordacontos de mulher cazadaminha namorada e putinha do meu pai contosminha esposa com negao contosContos porno minha namorada mi engañoAcordei com o pau dentro da minha bucetacoletania foto engatada caocontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdoContos Eróticos De Verapriminho tesudinhoContos erotico viado e corno no hotel dividindo quartocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico minha namorada trouxe amiga pra fuder com a genteCasa conto eroticos noiva deixou noivo por outra pica do negãoContos erotico eu e minha tia no jogo da garrafacontos eroticos domia ele cospi nu meu cuContos eroticos trai meu marido com travesti bem dotadocontos de rasgando o cu da babaVe foto de bucta d esposa galadinhaconto erotico incesto sonifero filhaContos eroticos esposa cunhada e sogra na praiacontos minha melhor amiga ficou se esfregando no meu pauConto ertico. Minha adrasta. Bebiapunheta contoseu estava raspada contos de esposa acanhadaboquete gozada boca amiga contoscontos eroticos eu transex e o elrtricista safado zoofilia com gozadas e enguatesNunca desconfiei do primo da minha namorada. Contoscontos eroticos meu marido trouxe um amigo negao pra dormir em casaConto erotico geova gravidarossou em mim contostravesti me rasgou contos eroticoscontos eróticos com afilhadasdeu a buceta no presidio contoscamiseta sem calcinha. contos de casada.contos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos incestos dividindo o filhocontos me fuderam atraves de chantagensdormindo ao lado conto eróticocontos eroticos filha e pai apaixonadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteReparei maquina de lavar para minha tia conto erodicocontos 23cm e um czino virgemfala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristajogando nas duas pontas trailer porno travestisfodo meu sogro todo dia com meu pauzao contocontos virei femea na republica gayconto erotico virei menina por ter cabelo compridoassanhada vestida provocanti pirnocontos eroticos massagem papaiconto vi meu irmao dando cuContos eroticos dei minha munher pro negãocontos eróticos:cunhadinha novinhacontos eroticos suruba na represa com amigoscontos erotico comi cu da tia no conventoconto erotico de corno atual dopando esposaclassificados evangélica procurando cornocontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gaysconto erotico machucou o cu da casadinhaconto erotico bebado estranho me comeu no becocasa dos contos eróticos mãe perdendo as pregas para o filhoConto erotico um travesti me algemoucontos condominio de nudismo