Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NEM TUDO É O QUE PARECE

Eu cresci numa família que não falava sobre sexo, que a propásito era pecado. Mas todos os natais, iamos passar em uma fazenda, reunindo toda a família que morava espalhada pelo pais. Nessa fazenda, eu que gostava de curtir meu cantinho, fui rever minha velha amiga, uma mangueira que foi crescendo e abrindo os galhos, deixando uma cama natural, onde eu costumava passar as tardes, longe da família, dos primos primos chatos e daquela coisa enfadonha de familia.

Tu tinha 19 anos. Nunca fui uma menina bonita, mas desce cedo tinha pernas grossas, a pele morena e os olhos puxados que, juntamente com minha boca carnuda, sempre chamavam atenção. Numa dessas tardes, resolvi chupar manga e sai sorrateiramente, até chegar na minha árvore e lá me esconder. Pouco tempo depois, ouvi passos que quebravam os galhos e pude perceber que minha prima mais velha (então com 19 anos) vinha procurando por alguém. Por certo, procurava meu irmão. Eu já desconfiava que os dois estava se curtindo desde que se encontrava ali e saiam da casa principal montando um único cavalo para depois de umas 4 horas voltarem todo molhados...

Bom, o caso é que a prima me viu e acabou subindo na árvore. Estranhei porque ela foi simpática, o que não lhe era comum. Então, sentamos uma bem práxim à outra. Ela usava calça Jeans como sempre e uma blusa xadrez que lhe acentuavam os seios fartos. Aliás, tudo nela era farto: os seios, uma bunda maravilhosa, bocão...

E foi assim, meio que sem sentido começamos a conversar e a brincar, até que ela me perguntou se eu já havia beijado antes. Neguei e ela foi bem rápida em se aproximar, perguntando se queria tentar. Meio que instintivamente, respondi com a cabeça... ela veio devagarzinho, respiração quente, me hipnotizando com aqueles lindos olhos cor de mel... chegando... chegando... até que tocou meus lábios lentamente, para em seguida enfiar a lingua dentro da minha. Fiz menção de recuar, mas ela segurou firme e delicadamente meu pescoço forçando-me a ficar... e eu fiquei, e foi ficando gostoso, com a língua dela brincando com a minha, me fazendo sentir uma sensação gostosa no baixo ventre...

Eu estava meio perdida nessa sensação gostosa que me envolvia, quando percebi que a mão dela estava entrando dentro do meu shorts, e ela começou a me tocar. Como me abraçava, aproveitou pra passar a mão no meu cuzinho... Fui ao céu e voltei, mas no susto recuei e vi o riso malicioso em seu olhar.

Fz menção de me levantar, mas ela segurou meu braço, como quem não tá nem ai, levando minha mão na xana dela. Eu ardia toda por dentro... Então ela me fez deitar e jogou seu corpo sobre o meu, beijando-me cada vez mais forte e invadindo minha boca, meu corpo, meu ser... Me sentia totalmente dominada por ela e pronta pra me entregar. Quando me tocou a xana, viu que eu estava muito molhada, não disse uma palavra sequer. Foi afastando meu shorts e colocou os dedos na minha buceta, me fazendo ficar ainda mais molhada... Passos nos trouxeram de volta a realidade...

Era o sacana do meu irmão que procurava por ela. Eu sei bem o que ele queria, porque naquele momento, meu corpo mesmo pedia muito pelo dela. mas ela sá riu, arrumou a roupa e disse: "a gente volta a conversar. No momento, tenho outro compromisso"... Eu fiquei lá, com a buceta molhada, o cuzinho apertado pedindo por aquele dedinho... Ela não voltou, mas me despertou para muitas outras emoções que vou contar nos contos seguintes... Minha prima não me comeu, mas com certeza, foi minha incentivadora a que eu me tornasse a putinha mais santa da família.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


www.contoseroticos.com.br/tia e sobrinha virgemesposa fode com doze homenscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadossobrinha de 9 contosfotosesposas de cornos bucetas cheias de porracontos eroticos policial forçaFui enrabada ao lado do meu marido e ele não viucontos me chamo camila transei com felipe meu irmaotia tchuca faz o movimento no piruConto os seios de minha maeamiguinha da minha filha me chupouchupando coroa empinadinha boa de f***contos eroticos arrombando a gordavirei puto do bar conto gayconto só uso fio dental sou gaúchafui tomar banho na casa do amigo e comeu a mulher delecontos erotico d minha empregada e travesti negra linda virou minha putinhacontos eroticos querendo uma rapidinhaconto d patricinha c o borrscheiroTirei o cabaço da minha entiada e sua mae a ajudou para nao doer muitocontos dei a xota pro mendigomae e filha pequena contos eroticoscontos eroticos menageprima gravida e primo contoscontos eroticos minha mae e uma safada e meu pai um corno liberalcomi uma egua na roca contocontos minha tia humilhando meu tiocontos eroticos arrombando a gordasobrinha novinha contos eróticossexo brasileiro com irmazinha gostosa na hora da malhaçaocontos eroticos do chavesconto amigos casados batendo punhetacomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoscontoerotico virgem pai 2filhascontos eroticos meto ate as bolas no meu fiho viadihocoroa raspadinha gozando contosconto safadoconto engravideiContos casada levou dois rapazes para sua casacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos : namorada dando pra passarcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoseróticos chupei os peito da mamãecontos de incesto dando de mamarpunheten o rabo da minha esposacontos eroticos esposa danadinhacavalo dado duas trepada na égua de uma vezContos.Del.trabalho.mas.fudi.minha.enteada.bebada.contos eroticos novinha de 12an chantageadacontos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibuscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDei meu cu gay pro seguraca do meu paimeu marido me flagrou fodendo contosconto meu patrao mim comeu e comeu minha filhaver contos eroticos de empresários comendo o cu de.funcionárioslesbica conto professora fisicaconto erótico eu e meus primos nu no lagoConto erótico filha putinhafalei pro meu amigo que queria ver ele fodendo a minha esposaconto erotico castrado na favelacolocou toda.no.cu e elabse.mijousogra velha contosContos comi esposa do caminhoneiroconto comendo uma fumadora de crackocontos de mulheres que tomaram ativador sexualContos eroticos comi o cu do meu irmão dormindocontos sado marido violentoshistorias eroticas de primas e primoso mrninas na mastubando n causinha toda melada video mobilDei o cu pro policial, quase me rasgacoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaiscontos de estupro nao resiste minha enteada