Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEXO GAY COM GOSTINHO DE QUERO MAIS

Essa estária é verídica.

Na época eu tinha 19 anos, meu vizinho Alex tinha 12. Costumávamos brincar em um terreno baldio em DiademaSP, com uma pequena casa abandonada nos fundos, sempre depois do almoço estávamos lá as vezes com outros garotos, as vezes sá nois dois, ficavamos jogando futebol de botão, bola de gude, contando estárias etç...

Alex levou seu primo recém chegado da Bahia, (Fernando) acho que ele tinha uns 19 ou 19 anos e ele sempre brincava com a gente de uma forma "corpo-a-corpo", no começo eu achava ruim e saía de perto mas Alex gostava e ficava me chamando. Um dia Fernando levou uma revista pornô e chamou a gente pra olhar. Me lembro até hoje aquelas cenas de sexo explícito e por curiosidade nem piscava os olhos. Fernando fazia de tudo pra gente perceber que ele tava de pinto duro.

Acabamos pegando intimidade com Fernando e todo o dia era a mesma coisa, íamos na casa abandonada pra ver revista pornô e ver qual o pinto que ficava duro primeiro.

Certo dia Alex me contou que quando estava dormindo, no mesmo quarto que seu primo ele sentiu algo em sua perna e quando se virou assustado percebeu que era a mão do Fernando. Nessa mesma noite, já sem sono, Fernando perguntou se Alex sabia bater punheta e se já conseguia gozar. Alex disse que sim (mas na verdade não sabia nada) e virou-se na cama, fingindo dormir e por um pequeno buraco no cobertor viu o Fernando se masturbando e gozando na prápria barriga.

No dia seguinte, já na casa abandonada, Fernando levou uma revista gay. Na hora eu achei desprezível mas ele falava que já tinha feito tudo aquilo lá na Bahia e era muito gostoso. Nesse momento Alex disse que tinha visto ele bater punheta na noite passada e Fernando começou a rir, depois ele tirou o pinto pra fora (já duro), começou a se masturbar e perguntou: era assim que eu fazia? Confesso a voceis que, naquela idade, nunca tinha visto um pinto tão cabeçudo.

Fernando falava pra gente pegar pra ver como tava duro. Alex pegou primeiro, depois eu peguei (usei sá dois dedos) e tava duro mesmo! Naquela altura todo mundo tava de pinto duro e Fernando masturbou Alex e depois me masturbou (foi a minha primeira punheta). Na noite de Natal, podíamos ficar até de noite na rua e, como de costume, fomos pra casa abandonada. Fernando logo perguntou se a gente tinha gostado do que ele havia ensinado....a resposta não podia ser outra....dissemos que sim, então ele falou que tinha uma coisa mais gostosa ainda e se a gente queria aprender...novamente dissemos sim.....aí ele falou que pra poder dar certo e ficar bem gostoso a gente tinha que fazer tudo que ele mandasse...o que foi aceito.

Ele me escolheu. Pediu que eu chupasse o pinto dele, olhei para o Alex que com a cabeça fazia sinal de sim. Agachei e coloquei aquele pinto cabeçudo na boca e rapidamente tirei. Fernando falou: Faz de novo! Com mais calma, deixa ele na boca e chupa como se fosse um pirulito. Fiz tudo certinho, o pinto “inchava” dentro da minha boca e era muito quente...

Aí ele pediu que o Alex ficasse na porta pra ver se alguém chegava, falou pra mim abaixar a calça e ficar de quatro, na hora lembrei das cenas da revista pornô e com muito medo eu perguntei se doía e ele me falou que não. Passou margarina na minha bunda e começou a empurrar o dedo, que foi entrando aos poucos, mesmo eu apertando a bunda aquele dedo com margarina escorregava e entrava bem de vagar...entrava um pouquinho e quando eu reclamava ele tirava, depois colocava de novo mais um pouquinho.. e ia colocando....e colocando...até que chegou uma hora que ele pôs o dedo inteiro e eu não senti dor...até soltei mais a minha “rodela” pois ele estava mexendo em algo lá dentro que deixou meu pinto tão duro que parecia que ia explodir de tesão. Tive vontade de fazer cocô, fiz num canto lá mesmo, me limpei e voltei com a “rodela” mais laciada ainda. Aí ele colocou dois dedos, sentia uma mistura de dor com desejo, sei lá, ao mesmo tempo que Fernando punha os dedos na minha bunda ele mexia no meu pinto e eu gozava sem parar.....

Meu cu ficou tão “mole” que eu queria apertar a rodela e ela não tinha mais força e quando Fernando percebeu isso ele se posicionou atrás de mim e foi empurrando aquele pinto cabeçudo na minha rodela.....sentia ela dilatando aos poucos...e aquele pinto quente escorregando pra dentro de mim. Eu apertava o cu mas parecia que não adiantava nada, aquele pinto estava muito duro, forçando e entrando...... Pedi pra ele parar umas três vezes. Ele parava, passava mais margarina e tentava de novo, até que uma hora, relaxei um pouquinho mais e quando a cabeça daquele pinto escorregou pra dentro da minha bunda o resto do pinto entrou duma vez! Aff! Senti uma sensação de inchaço dentro da bunda e ele me pedia calma....vai ficar gostoso.

Lembro que ele deu umas 19 bombadas, bem devagar e bem fundo... tirava e colocava.....pedia pra eu rebolar mas eu não conseguia, não conseguia nem me mexer....quando ele enfiava tudo eu sentia aqueles pêlos grossos ao redor do meu cu e aquela respiração forte na minha nuca.... aí ele gozou dentro da minha bunda. Na hora senti até um enjôo. Depois fiquei com medo porque quando ele tirou o pinto saiu uma mistura de porra, sangue e fezes, meu cu ficou aberto, não tinha força pra fechar. O Alex viu aquilo e desistiu. Levei vários dias pra me recuperar, meu cu ficava minando água e eu tinha que trocar de cueca três vezes por dia, fiquei com vergonha até do Alex.

Juramos manter segredo eterno....

Essa foi a minha primeira experiência homossexual!

Depois de um tempo percebi que fiquei psicologicamente abalado e passei a usar calcinhas, me vestir como mulher, transar com travestis e com garotos. Mas isso é uma outra estária que contarei depois.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos eróticos GAY AHHH VAI ASSIM OHH VOU GOZAR VIADO OHHminha mulher pegou eu dando para o piscineiroConto erotico so a cabecinhacontos mulher casada da o cu pro cãoconto gay sou macho me encoxaramconto gay flagrei meu pai massageando o cuminha mãe me deu um pinto contocontos eroticos de choronasRelatos de sexo anal com irmãGarota perdendo o cabaco de doze anos contosputa que mora no bairro portãodescabacei a namoradinha de 13 aninhosembaixada angolana contos eroticosme masturbei vendo as calcinhas da vizinha no varalCONTO EROTICO ENCHE MEU RABOContos eroticos gay meu cachorro me comeuconto erótico filha da empregadaCunhada dormindo com a bundinha descobertacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto erotico vizinha bobinhacontoseroticos13conto erotico gay ceguinho da minha ruacontos eroticos comendo cu da mae e da irmaloira do pozao melafa de olho porno doidoesperei meu maridinho fui no quarto rola grossatraição xxvidiomeus peitinhos doíam...ler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gaycontos eroticos menininhas dormindo na rolacontos de corno. bipassivoscontos eroticos quando era novinhameu cu e meu genrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteCercada por varios contos eroticoscontos gay brincadeira de luta comi meu irmãozinhoporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhobuceta inchada da cunhada...contosporque cavalos tem pirocãocasa dos contos putinha desde novinhaNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetacontos gay puta obedientemeu sogro minha sogra e minha esposa fazendo suruba contos eroticoscheirei o fundinho da calcinha usada da minha tia safada contosContos eroticos quintalEncoxada no trem contos eróticocontos eróticos infânciacomi a minha mãe na chantagemvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos com mulheres estupradas selvagementecontos quando eu era criansinha meu pai e mh mae me obrigava a eu dar a mh xaninhacontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anoscontos titiocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesou casado e bem-casado e quero fazer uma fantasia sexual com minha esposa isso é normalconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casaconto erotico velho praia nudismocontos eróticos escravo de minha irmãcontos tiachupa rolaConsolado pela sobrinhas contos eróticoscontos encoxando viado busaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu capataz fudeu minha esposa e encheu a buceta dela de porracontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparcontos desde pequena meu pai mandava eu xupa pauwww.mulatanua.comninfetas cor de jambo no video mobilexxvidio casada rebola de calcinha boxis casaconto erótico sou casada gostosamenina no banho contos eróticosquero assistir uma mulher gritando e gemendo na cabeça da Chibata do pônei do cavalo pôneicontos eróticos abusada virgemcontos eróticos de comi a chata da clasepalestra buceta divididacontos intimo de uma enteadaLóira safada narra conto metendo na coberturaboduda banhao banheiro calcnhacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eróticos com fotos de menininhas safadascomi minha prima contos eroticosirmazihas safadas locas por sexboquete no filho contosta ca molestta xvideo