Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CAMILA ESKECIDA (COMO TUDO COMEÇOU)

meu nome é Camila, hj dia 1342008 tenhu 23 anos essa historia explica o meu apelido q eh Camila esquecida

abreviei uma parte pq fica muito longo e repetitivo uma parte da minha exp, espero q qgostem



tinha 19 anos, tenho 1.75 de altura, peitos grande e bundao, mas meu forte sao as coxas, cabelo eh castanho escuro pele clara olhos castanhos





Era março, um professor da escola recebeu uma herança sem igual ... nao lembro direito o pq ...

mas mesmo muito tempo depois da morte da mae dele ele recebeu um hotel fazenda q ela estava terminando de construir ...

OBA!! fomos fazer uma festa de despedida la, 120 alunos da escola em excursao inclusive professores

O local era lindo, tinha umas salas com caixas e cordas ainda para serem construidas direito, nao tinha linha telefonica e era a 3km da estrada e 20 km de qualquer cidade

meu local preferido era um laguinho alem de uma florestinha, alem do limite do hotel fazenda, ficava la direto

no quarto dia e ultimo dia da excurçao acordei muito cedo arrumei minhas malas, deixei proximas do onibus para nao atrazar na hora de ir embora e fui para o laguinhu com 2 amigos

crentes q seriamos chamados para irmos embora, soh percebemos o engano qdo vimos os 3 onibus indo embora, ja bem distantes do nosso alcance

sendo 3 onibus os alunos e professores nao notaram nossa falta, estavamos agora sozinhos trancados dentro de um hotel fazenda a 700km de nossas casas

sem telefone e soh com as roupas do corpo

Eu estava com um biquini rosa fio dental

meus amigos estavam de bermuda oculos e um deles tinha uma maquina digital

era tudo oq tinhamos



Pensavamos q seriamos buscados e poko tempo entao nao nos preocupamos com bebidas e coisa assim começamos a brincar e beber muito

uma das brincadeiras era jogo de perguntas indiscretas, mandamos bala nas perguntas mas o tedio começou a bater junto com o alcool

começamos a fazer poses para fotos

e fazer apostinhas, achamos baralho e começamos a jogar perdedor corria ateh o laguinhu e voltava coisas simples porem foi tomando um tom mais ousado

qdo resolvemos tirar fotos umas diferentes das outras ateh completar a maquina, cabia 164 fotos na maquina, muito alcoolizada ja

fazia poses normais para as fotos, era abraçada e tals ateh q uma hora eu correndo na floresta tropecei e nisso o top do biquini rasgou e começou a desfiar, ele praticamente desmontou

os rapazes começaram a tentar me convencer para tirar o top, depois de muita conversa, eu aceitei tirar

pronto bebada sozinha entre dois rapazes de top less eles começaram a ousar mais, tiraram foto ateh com maos em meus peitos, e continuando a brincadeira q estava esquentando

trouxeram cordas das salas em construçao como combinamos tirar uma foto diferente da outra eles amarraram meus braços para traz cruzados

tiraram mais fotos abraçados em mime me faziam beber mais e mais

Me amarraram numa coluna primeiro de frente depois de costas, eles me mordiam passavam a mao e tiravam mais fotos

e entao, me levaram e me apoiaram sobre uma mesa, amarraram meus pes nos pes da mesa separados

e meus braços q ja estavam amarrados agora tambem estava amarrado numa coluna a frente da mesa, estava com bunda empinada paralisada sibre a mesa

sabendo q tinham todo o controle da situaçao e eu estava agora indefesa contra eles, eles nao desamarraram meu biquini, puxaram ateh rebentar ele.

Situaçao sem volta pelada longe da civilizaçao amarrada, eu olhava para traz e via eles começando a se posicionar porem eles nao queriam serem vistos nus tbm, entao me vendaram os olhos

essa insinuaçao era para me deixar mais deles ainda

Agora imovel e vendada sentia um deles roçando penis durissimo em minha bunda de certo fazendo pose pruma foto

para mostrarem o dominio deles, começou uma penetraçao anal lenta e caprichada, era como se nao tivesse preça alguma

eu sentia aquele momento acontecer como eternidade, mas era delicioso, a dor e a sensaçao

ele começou a ir mais forte e eu gemia ele ficava mais empolgado, mais excitado, chegava a arder mas ele nao odia mais para

o amigo dele tirava fotos e comentava, extimulava nos dois a ficarmos mais excitados ele entao evitou o gozo e parou,

o amigo veio e começou vaginal, ele se posicionou um pouko mas começou com muita força

era muito bom, ele manteve o ritmo ateh eu chegar no orgasmo entao ele parou

eles evitavam o gozo para nao pararem de fazer oq queriam comigo

fiquei naquela posiçao um bom tempo, eles entao me soltaram da mesa porem continuei com os braços amarrados cruzados para traz e vendada

me fizeram caminhar um poko e beber mais, me fizeram ajoelhar, tava ja perto da florestinha

tiraram fotos e me forçaram a fazer oral ainda de joelhos começaram a amarrar meus pes

depois me desvendaram

fizeram eu levantar eu estava do lado de fora do hotel, perto do laguinho era uma apostinha enquanto descansavam um pouko, eu tinha q achar e trazer o meu biquini ateh eles

se eles descançassem antes q eu chegasse eles correriam atras de mim e poderiam aprontar comigo

cada vez q descansavam, la fui eu amarrada na floresta achar um biquini, pouko tempo depois ja estava fora do hotel apareceram os dois me pegaram e me carregaram para mais de 500 m longe do hotel

esses jogos animaram eles e me deixaram mais rendida a todo o prazer deles, eles aproveitaram mais varias vezes da situaçao para me humilhar mais e mais .



segue aqui sequencia de brincadeira e jogos q vou descrever e mais para frente eu conto o fim da experiencia

eu caminhando devolta pro hotel ....

eles me arrastam pruma cama de um quarto q eles conseguiram abrir, a foto da cama eu estou em X de barriga para cima com eles dos meus lados

outra foto eu estou na cama quase do mesmo jeito mas uma perna a direita esta amarrada dobrada

eles fizeram dp em mim

outra foto estou deitada de barriga pra baixo

outra estou abraçada numa coluna

teve foto ateh amarrada no portao da entrada fiquei la vendada por quase meia hora



Enfim 164 fotos foram tiradas, era o limite da camera dele, uma totalmente diferente da outra

eu passei a noite amarrada numa arvore fora do hotel, vendada amarrada e minha perna estava levantada amarrada num galho de outra arvore

eu apaguei la de bebada, hora q eu acordei ouvia busina de carros fiquei desesperada nao enchergava estava imovel nem lembrava onde estava

O professor tinha voltado para buscar agente

por sorte ele tinha levado nossas malas, ... eu fiquei la desesperada um tempo se o professor me visse naquele estado oq aconteceria?? ... de repente apareceu um dos

garotos me desamarrou, ele tinha pego roupas sem o professor ver ... me vesti e fui mais ou menos arrastada ateh o carro tive q entrar antes de td mundo pra o professor nao ver as marcas das amarras, e fomos embora



A historia tem sequencia pq resolvi q as fotos nao poderiam ficar com eles ... chequem para ver a continuaçao

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


putinha de peitinhos bicudos contoseu usava um shortinho atoladinhosexo gay okinawa ufameu amigo cumeu minha mae e minha irma.historias eroticasgatas angelicais a procura de um agarrao 4Contos eroticas com cumadre bebadasrelatos eroticosde portuguesas de noVinhascontos eróticos marido não importouContos eroticos transei com meu cachorrocontos eróticos professora com garotinhosviajo da bundona aqui na Dona a mostrando o c*minha cunhada me provocandocomi a madame na fre.te do marido. experiencias sexuais.meu avô rasgou minha bucetacontos eróticos mulataconto erótico putinha virgem dando o cuzinho para os mulikesContos eroticos de mulheres sendo abolinadas no onibus lotadoscontos de caralho nas mamasconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhacontos eroticos juliana e o travesticonvencer mulher ir praia nudismocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosamanda meu marido.é corno mesmo contosMeu nome é Luiza, tenho 26 anos, 1,70 mcontos no escurinho dando para o papaicomendo a mulher em frente ao marido contoSentir tezao por tênis feminino e normalcontos de incestos e surubas nudismo entre irmascunhada com previlegios pornsconto no mato espiando a filha tomar banho no riuvideo porno irma de veztido curto bege na frente padrasto na salaContoseroticosabusadacontos abusada pelo cachorrorepercussão de video uma guardete transando na empresa. que trabalhaconto cheiradorComtos namorada fodida por homems casadoscontos de tia limpando a casacontos eroticos na rocaCasa dos contos: Virgem na baladaeu liberei minha esposacontos eroticos gay cheiro de rolao padrastoautoritáriocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevídeo de namorado faz bem aqui Amanda no Pou pelo jeito da sua bundarelatos verídico de homens que se masturbou com calabresacontoseróticos tímida . dormindoincesto contos filho se separa e volta a morar com mae coroahomem rasga cu de garotinho contoscheguei em casa e peguei meu amigo comendo meu primosiririca na frente dele conto eróticocontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentoscontos eróticos irmão mais novoEliana experimentando calcinha fio-dentalcontos porno eu amo caga na picacontos eróticos esposa acampou com amigasme realizando com travesticontos erotico fis boauetes nos amigs de meu marido e ele nem sabecontos gays pedreirosmedica seduzidapor lesbica historiasamiga inseparavel chupa a bucete uma da outracontos eroticos meu vizinho me bulinava gayContos.eroticos.crentizinha.abusada.no.cuzinhoContos eroticos tatuagem da esposavi minha esposa dando mole contoscontos de mulher cazadacomendo a deficiente contos eroticoscontos pormo doberman