Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

4 NO MOTEL

Numa sexta-feira, lá pelas 23h30 mais ou menos, do ano de 2005, eu estava em casa vendo tv quando o fone toca e um amigo meu (travesti) me convida pra sair com 2 carinhas de outra cidade que estavam no pesqueiro com ele. Na hora fiquei meio assim, pois sou um cara não feminado, que não dá pinta, preservo muito minha imagem na pequena cidade onde moro... mas, aceitei!!! Corri pro banheiro, tomei banho, fiz a barba, coloquei um jeanscamiseta, perfume importado e esperei-os em frente a minha casa (moro numa chácara). Eles chegaram: eram dois carinhas de mais ou menos 20 anos, normais de corpo e de rosto. Peguei meu carro e fomos para uma cidade práxima a minha onde há motéis (não gosto de mato essas coisas - prefiro privacidade). O que foi na frente comigo era moreno, cabelos enrolados, e veio logo conversando, colocando a mão na minha, apertando, acariciando...o outro, lorinho, olhos verdes, ficou no banco de trás com esse amigo meu.

Chegamos no motel, os dois abaixaram, entramos. No quarto, pedi cerveja e liguei o som (tava tocando dance music), comecei a dançar e o loirinho veio pro meu lado, com a rola dura e começou a dançar comigo, esfregando-se em meu pinto (pinto com pinto - mas com roupa). Meu amigo travesti deitou na cama e o moreninho pulou em cima dele, começou a beijá-lo, mordê-lo e tirou toda a roupa. Que surpresa: apesar do corpo magro, um pau enorme, duro, bem moreninho... mas meu amigo travesti, deu um pulo da cama e correu pro banheiro, com o moreninho atrás com aquele pauzão balançando de um lado pro outro. Ficamos eu e o loirinho dançando... de repente, ele me agarra e beija minha boca... um beijo gostoso, sem língua, boca com boca, gosto de cerveja com halls... meu pau subiu na hora, ele percebeu e ficou acariciando-o por cima da calça... nesse momento, os dois que estavam no banheiro vieram pro quarto, pelados, molhados e se jogaram na cama... mas, meu amigo, bêbado, bateu com tudo o joelho na beirada e ficou gritando de dor, enquanto o moreninho tentava comê-lo, sem se importar com dor ou qualquer outra coisa...eu e o lorinho, vendo aquela cena louca, começamos a rir muito, e ele me puxou pro banheiro e trancou a porta... nem bem parei de rir, e ele foi logo desabotoando minha calça, puxando-o + a cueca pra baixo... sem nem tirá-la direito, agachou-se e abocanhou meu pinto e começou a me chupar com volúpia... chupava meu pau, minhas bolas, minhas coxas... passava a língua devagar e depois com força... eu peguei a cabeça dele e bombava como se fosse uma buceta... e ele se masturbava enquanto fazia uma boquete pra mim... percebendo que ia gozar, puxei-o e beijei-o, sentindo o gosto do meu pau na boca dele... ele enfiou a rola dele (mais pequena que a do moreno, mas muito mais grossa) no meio das minhas pernas, enquanto a minha ficou prensada entre nossas barrigas, e começou a meter... o suor dos nossos corpos fazia nossos paus deslizarem com facilidade, o que aumentava o tesão... ele beijava minha boca, mordiscava meu queixo, lambia meu rosto todo, minhas orelhas, meu pescoço... enquanto fazia tudo isso, enfiava um dedo no meu cu e com a outra mão apertava meus mamilos que estavam duros de tanto tesão... nisso, meu amigo travesti bate na porta... o loirinho abre, e entram ele e o moreninho... ao nos verem pelados, meu amigo fica de quatro no chão, abre toda sua bunda e o o moreninho já corre e enfia toda a rola no cu do meu amigo travesti... e começa a bombar com força... o loirinho, ao ver a cena, pega no meu pau e me puxa pro quarto... fica de pé, encostado na parede, de costas pra mim, e direciona meu pau pro cu dele... fui enfiando devagar, centímetro por centímetro, sentindo o calor invadir meu pinto... precisei fazer um esforço enorme pra não gozar, pois eu espiava meu amigo dando o cu enquanto comia o rabo do loirinho... de repente, sinto o cú dele contrair: ele tava gozando numa punheta lascada... eu não aguentei e gozei dentro dele também, mordendo com força o ombro do loirinho... enquanto ouvia meu amigo gritar que tava gozando muitooooooooo... espiei e vi o moreninho parando de bombar meu amigo e apertando também: tava gozando... passados uns minutos, fomos os quatro tomar banho... cada um ensaboando o outro, mas dessa vez sem sexo... apenas umas chupetinhas básicas...

Pedi a conta, e a surpresa: pela algazarra que fizemos, veio em dobro, pois perceberam que estávamos em 4 pessoas... tudo bem, paguei com prazer...

Viemos embora rindo, cantando às 4h30 da manhã...

Deixamos os rapazes perto da praça, levei meu amigo embora, fumamos um cigarro e ficamos lembrando da loucura e rimos muito.

Desci pra minha casa, tomei outro banho e dormi...sorrindo.

Nunca mais vi os rapazes e nem me lembro dos nomes deles, mas que foi bom, isso foi!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para variosconti gay minha tia me fagrou de calcinhacomendo a tia que esta olhando pela janelatransei com meu melhor amigo contos me chamo saratia na piscina conto eroticocontos erótico de velhas que adora ser chingadasmulher que fica um montinho na frente ,e peluda ou tem a buceta inchadaconto incesto mestruavaassistir agora porno alargador de buceta pica grossa e enormecontos eróticos brincadeira do leitehomens com pau instigantecontoseroticosentiadaamiguinha d minha bem magrinha putinhaContos eroticos tatuagem da esposaContos erotico loira casada filho do jardineiro negrocontos sado marido violentosSustento minha mae conto eroticocontos eroticos minha esposa sonhava em dar pra um cavalo e ela conceguiuContos eroticos o motorista e a ninfetacontos eróticos mulheres vadiascontos eroticos pagando divida do filhonegao e o seu caralhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos mim arreganhei pra papai e ele caiu de boca na minha bucetaconto erotico de tia coroa negra gostosacontos eroticos tio e sobrinha novinhacontos minha mãe com siliconeConto erotico marido surdocontos eroticos machuquei minha primacontos eroticos frentistacontos de sexo com vovocontos gay padrasto cuidou de mimcontos eroticos o pirralho que virou meu donovideo di japonesas e travestis dorminoconto neguinho varudo so pega casadacontos eroticos q bocA e essa desse baianoconto erotico mamando nos peitos cheio de maninhamora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa nécontos eroticos a coroa e o roludo 28 cmswing tio com sobrinhas flagrante historiaschaves metemdo pau em Chiquinhacontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeuo bundao da minha sogra contovídeo de pornô do metendo vendo a sua beleza ela me chameminha mae mostrou seu rabo de fio dental pra mim contos com fotosMulher que fica çarando o priquito uma na outra ate sair galawww.contos eroticos policiais.com.brcontos eroticos assaltocontos eroticos possuida por uma estranha gostosaContos eróticos legera virgem e minha liberou pro marido da minha tia contocontostesudosconto erótico aninhosconto gay aloprado gostoso virei putalésbicas castigando o rabo da parceriacontos tiachupa rolacomo virei escravinha gaycontos eroticos comi minha irman de 06anoscontos fodir com minha irma lesbicasamiga inseparavel chupa a bucete uma da outrasou viciada em zoofiliacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eeroticos peguei minha sogra no flagraMeu primo gay que ve meu pauContos erótico Lara a experientecontos eroticos minha mulher com caralhudofiz sexo com meu padrasto contosconto minha cunhada me deu cu e sua tambemcontos vi minha tia peladacontos eróticos com velhosescanxa na picacontos erotico com irmaorelatos eroticos esposas estupradasconto erótico domando o maridocontos eróticos: prima comprometidacomi a adilhada novinha loira olho azul contorelatos veriducos de mulheres casadas que deram o cu pra outros homens na frente de seus maridosencostei o braco na buceta da cunhada contos