Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PUTINHA DO CINEMA PORNÔ

DE PUTINHA NO CINEMA



No meu conto passado eu relatei como fui iniciada por varias picas de uma sá vez, pois é através disso eu acabei me viciando em dar para vários ao mesmo tempo. Neste relato vou contar para vocês como isso se repetiu.

Estava andando no centro da cidade onde eu moro e passei em frente a uma loja de roupas femininas, aquilo me deixou aflita, eu me enxergava vestidinha naquelas roupinhas, escolhi um conjuntinho de saia e blusa de alça, tratei ligo de comprar também um par de meias coloridas para vestir junto com o tênis e ficar uma putinha multicor.

Comprei e coloquei tudo dentro de uma mochila que eu carregava, não pude esperar para vestir, tratei logo de procurar um lugar, me veio em mente de ir a um cine pornô, estava louco para experimentar as roupinhas, então entrei, fui direto para o banheiro, vesti as roupinhas que ficou por debaixo de um conjunto de moletom que eu usava. Voltei para as poltronas como estava escuro eu acabei tirando o moletom, achando que ninguém estava vendo, mas a claridade da tela deixava à mostra que eu era a putinha do pedaço. Na minha fila não havia ninguém até eu tirar o moletom, não se passou nem um minuto já estava cercada de dois homens, um de cada lado.

Mãos começaram a percorrer meu corpo, até que um deles me propôs em ir para um corredor que ficava perto da tela, assim poderíamos ver todos e os outros não nos viria. Resolvi aceitar, mas quando me pus de pé. Os que estavam atrás de nos, discretamente veio em seguida, mas até então seria somente os dois. Caminhei até o corredor, eu na frente rebolando e os dois que me seguiam, já com o paus na mão totalmente duros. Encostei-me em um canto assim que me abaixei, as duas piconas vieram logo de encontro na minha boca. Achei que estava no paraíso, pois eram dois paus bem servidos, os dois deliraram comigo colocando as duas picas na boca ao mesmo tempo. Depois de uns dez minutos chupando, um deles me pediu para ficar de quatro para me penetrar, enfiei a mão na mochila e tirei uma camisinha e entreguei para ele, fiquei de quatro e nem tive o trabalho de tirar a minha calcinha. Pois ele simplesmente a puxou de lado, era tudo que eu queria, ser comida vestidinha de menina. Assim foi. Estava sendo comida por um enquanto chupava o outro. Estava tudo maravilhoso, até que ficou melhor ainda, de uma sá vez chegou em meu rosto duas outras picas para eu chupar. O incrível que eu não percebi que eles haviam se aproximado, ai eu me deslumbrei. Não sabia qual pica eu chupava. Então resolvi colocar em pratica toda minha habilidade, chupei no estilo pianista, passava minha boca nas cabeças e chupava até me engasgar, mas ai que ficou melhor, o que estava me comendo gozou, o outro então foi para atrás de mim para me comer também, novamente eu enfiei a mão dentro da minha mochila e peguei outra camisinha.

Estava sendo realizada, pois aproximou mais 4 homenzarrão, por um momento eu achei que não daria conta mas meus dotes de putinha me guiaram para a fantasia. Chupava vários e assim que o que estava me comendo gozasse, ele dava lugar para outro. Novamente eu sá enfiava a mão na mochila e entregava a camisinha, e a fila foi andando. Por um momento achei que não daria conta mais estava me sentindo partida ao meio, meus árgãos estavam doloridos, meu cuzinho? nem sentia mais a ardência.

Por um momento minhas vistas escureceram, uma dormência tomou conta do meu corpo, uma energia percorreu dos meus calcanhares até a minha nuca, quando vi estava gozando sem ao menos tocar no meu pinto. Depois de muito tempo eu percebi que estava tendo outro orgasmo anal, igualzinho o que eu tive quando fui pega por meio time de futebol.

Diante disso não queria mais parar, sá tive que parar porque não tinha mais camisinha, mas paus! Tinha à-vontade. Pedi desculpa para os que esperavam e me vesti. Dei no pé mas com muita vontade de ficar.

Repeti minhas idas a este cine pornô por muitas vezes. Por incrível que pareça os parceiros da semana eram quase os mesmos, assim que me viam chegar, iam logo para o cantinho escuro a fim de comer a putinha do cinema. Tenho muito mais experiências para contar para vcs, mas isso fica para outros contos.

Comentem assim me dá inspiração para continuar. Bjs a todos.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos velha e dotadoconto moreninha do cu largocontos eroticos de garotinha sentada no coloenfiado a buceta na grafi de cama xvidioContos comi mae bebadasoquei forte na buceta da filha dormindo ela gritou e continuei judieicontos de coroa com novinhorelatos reais ciumento casado corno aconteceu na praiacomendo a carlinha casa dos contoscontos erotucos escritos lesbicos transei com uma nerdminha cunhada casada estava sozinha na noite em casa contospeitos caidos da velha do cornocontos eroticos arrombando a gordaloira gostosa goza sozinha comtá um poko da sua safadadecontos eroticos eu e mamae humilhadacontos eroticos escorrendo porra no cucontos minha filha 11aninhoscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestivideo pono pequano aprima do midocontos eroticos acordar minha filhaeu quro v chiquinha em pornocoroa dona de banca em teresina dando bucetaconto menor me comeuConto gay papai bebadocontos erotico meu pai e meu tio armaram pra fuder eu e minha primamulher poe seu cachorro dormir com ela e acaba deixando ele lember sua bucetaamiguinha d minha bem magrinha putinhamasturbando pelo telefone contos eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconfesso transando com trêscontos eróticos em público encoxando cunhado conto erótico de homens que tiveram experiência com alguns homensneguinha suja contocontos eroticos minha mae popozuda e gostosaesperei meu maridinho dormir rola grossaContos espiando a sogra lesbicacontos eroticos seu madruga tirandoo cabaço do cu de kicocontos meu primo malvado me comeuputinha do papai desde-conto eroticoTransei com meu sogro contoconto erotifo gay sexo em familiaputinha do titoconto erotico de netacontos eroticos fodi minhas enteada gemeascdzinha enrabada pir coroas contosporno mae ajuda filha a desemgata do cachorrodei pra um dog bem dotado me arrombotraição xxvidiocontos baixinha casadaele me seduzio e quebrou meu cabaço historeas reaiscontos eroticos de sequestrorelatos reais ciumento casado corno aconteceu na praiacontos ela sentou no meu colo sem calcinhamadrinhas branca da bunda empinadavi minha tia nua contosconto erotico fui no pagode e comi um travesticontos eroticos.de coroa.de 47anos.fudendo com gordinh.de.20arreganha abuceta no fank muito gosoconto erotico estuprado na frente da minha esposabuceta esticada aberta gozandotravesti coroa enroladinho Pretoviuva ecitada ver filho tomando banho e da pra elecontos de velha que foi arrombada pelo pai dotadotravesti sadomasoquista na regiaocnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para variosvelhos gordos gays contoscontos eróticos a aposta da esposaMeu ex primo viuvo conto eroticonao filho nao posso e pecado ela faz a vontade/dele chupa pica/dele cem querepaguei para fuder minha tia contospapai e mamae rezando conto eroticoprofessora novinha e senha resolvi dar o c******conto bebada mandei goza no cucontos eróticosolha como tá duroContos eróticos teens contos gays neguinho do pinto grande me comeuamo cheirar a boceta da minha esposa pela calça