Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DE LINGERIE E SALTO PRA UM DESCONHECIDO.

Sou um cara de 21 anos, normal. Namoro uma mulher, mas curto pular a cerca de vez em quando, com homens. Desde meus 19 anos descobri meu fetiche em usar calcinhas, que depois evoluiu para lingeries mais sofisticadas e saltos. Sá pra vocês saberem, tenho 1,75, 60 kg olhos e cabelos castanhos e uma bunda que não é grande mas é firminha e dá pra encher a mão. Não me depilo, mas não sou peludo. Uso barba.rnIsto é uma histária verídica.rnAconteceu em 2010, numa época que eu ficava sozinho em casa. Eu já não era mais virgem, mas não ficava com outro homem há muito tempo. Entrei no chat uol da minha cidade e fui procurar alguém, desesperado de tesão.rnEncontrei um empresário que se interessou pelo fetiche, mas não tinha local. Desesperado de tesão, disse que ele podia vir em casa. Nem sequer perguntei como ele era, seu nome ou sua idade. Passei o endereço e ele disse que já vinha.rnFui me preparar. Abri o armário da minha mãe e peguei suas meias 78 e uma cinta-liga. Do armário de minha irmã peguei um salto alto, de ponta redonda, feito de couro e com uma fivela grande. Esperei na sala. Em dez minutos uma moto encostou e a campainha tocou. Meu coração estava na garganta.rnAbri o portão de casa e a porta. Espiei pela fresta e vi o homem entrando. Camisa de uniforme de firma, meio suja de graxa, calça jeans. Era mais alto que eu, e bem gordo. Um pouco calvo, devia ter seus 50 anos. Entrou e encostei a porta.rnNão trocamos sequer uma palavra. Ele já foi apalpando minha bunda, que estava linda com a cinta-liga. Approveitei para abrir-lhe a calça. A cueca era branca e o volume nela não era grande, mas muito duro. Abaixei a cueca e seu pau pulou pra fora.rnAjoelhei e comecei a chupar. O homem cheirava a graxa, tinha uma barriga enorme e era peludo, e por algum motivo isso me deixou muito excitado. Seu pau tinha uma textura deliciosa. Tinha uma cabeça alongada, muito roxa. O corpo era duro e veiudo, não muito grosso nem muito grande, ligeiramente arqueado para cima.rnEle se abaixou e sussurrou em meu ouvido:rn"Quero te comer, fica de quatro pra mim"rnObedeci. Ele começou a lamber meu cuzinho. Fui às alturas. Que lingua deliciosa! Ele não apenas lambia, como também enfiava-a em meu cuzinho, e isso me dava arrepios e me enchia de tesão. Senti que ele se levantou e encaixou seu pau em minha bunda. Logo eu o sentiria dentro de mim.rnCom um impulso, ele tentou enfiar o pau todo em meu cu. Doeu demais. Pedi para ele ter calma, que eu não dava fazia muito tempo. Ele tentou novamente. E de novo. Era impossível, o pau não ia entrar. Mudei de posição.rnDeitei com as costas no tapete da sala e abri minhas pernas. Ele entrou no meio delas. levantei minha bunda para que ele pudesse colocar seu colo embaixo. peguei no pau dele, encaixei-o em meu cuzinho e fui descendo. O pau dele deslizou para dentro de meu cuzinho em uma sá tentativa, sem dor.rnEle levantou a camisa e mostrou aquela barriga grande e peluda. morri de tesão. Um homem grande, gordo e macho no meio de minhas pernas, bombando meu cuzinho. Eu estava realizado. Ele segurou minhas pernas para cima, segurando meus tornozelos. Elogiou o salto e as meias 78.rn"Que gostosa você está..."rnEu estava no céu. Respondi com um gemido.rn"Está gostando?"rn"Estou... Mete mais, por favor..."rnEle começou a bombar mais forte. Abaixou o tronco e me abraçou. Aquele cheiro de homem trabalhador e graxa me dava tesão. Eu era a menininha dele.rnEle lambeu meus peitinhos, subiu até minha orelha e a mordiscou, sem nunca parar de meter.rn"vou gozar, gostosa... Posso gozar no seu cuzinho?"rn"Isso, goza pra mim... Goza no meu cuzinho..."rnAbracei o tronco daquele homem com meus braços e pernas. Prendi meus pés atrás das costas dele e rebolei pra aquele pau.rnSenti o pulsar do pau dele dentro de meu cuzinho. Ele se levantou, me pegou pela cintura e me forçou contra o colo dele, enfiando aquele pau o mais fundo possível.rnO corpo dele se encheu de tremores. Senti sua porra escorrendo para dentro do meu cuzinho.rnMorri de tesão imaginando que ele despejava aquilo que vinha do saco dele, no meio daquelas coxas grossas e peludas, dentro do meu cuzinho.rnFicamos ali por um minuto, o pau dele amolecendo, ainda enfiado em meu rabo.rn"Preciso ir" ele disse.rn"OK, querido"rnEle tirou aquele pau do meio da minha bunda. Pude olhar para ele mole antes que fosse enfiado dentro da cueca.rnO homem se levantou e foi embora. Fechei a porta, o portão e fui tirar a lingerie, curtindo aquela sensação que a porra dentro do cuzinho dá.rnEsta foi uma das melhores fodas da minha vida. Não sei o nome dele, nem sua idade. Nunca mais o encontrei, nem no chat uol, nem na vida real.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos mamae me ensinou a ser putacontos negra cavala casada fudendo com negaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteCantos erótico minha irmã grito quando estava cumendo elaConto gay velhomadrasta e seu consoloclube dos cornos contos eróticoscontos eróticos homem maduro gostoso da pica grande f******contos eroticos gay problemas mentaisconto eu e minha esposa nua na piscinaContos eroticos roludo comendo a bundinha da loirinha gostosinhasexo gay okinawa ufaSentir tezao por tênis feminino e normalpadastru safadu enrabaducontos coroas terceira idadewww.finhinhas.pornconto erotico eu e meu pai fundemos minha filhaContos eroticos enteadascorno gemendo cu contovizinho casado comeu minha buceta/contocontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anoscontos eroticos de cdzinhaContos eroticos dando cu pro filhoFilha boqueteirá contoseroticoscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eróticos e********** humilhando c****cumi a bucrtina contos eroticoscontos eroticos chupei meu cunhado embaixo da mesa perto da minha familiacontos velho tarado por bucetascrentes excurcoes contosconto eróticos zoofilia estrupei cadelaContos eróticos, ai tio, goza na minha mãoconto erotico rosto meladocomi a minha cunhada AdrianaContos cm o vizinhocontos eroticos timidas coroasconto negro taradocontos eróticos caminhoneiro seduziuconto mulher casada rabuda dei pedreiroContos eroticosInocentes de calcinhas contos eroticos de manha dava pro meu sogro e a noite pro meu maridoconto erotico submissa gozei choreicontos eroticos minha esposa me traiu com minha maecontos eróticos comendo avósexo gay okinawa ufa papai e titioas antigas Sophie travestis masturbando na salacontos transando na praia compadre eu marido e elamarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomconto erótico currada pelo fazendeirocontos heroticod gay dei pro meuMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos eróticosgaysmeu primo de menorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteImagem Carla danada na zoofolia"relatos eroticos" massage cunadaconto - pediu para mamar no pau ...contos eróticos seios devem ser mamadoscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos dormi e dei rola primacontos meu amigo dopou minha mulherconto erotico incesto sonifero filhaconto eróticos.estuprando sobrinha mudapeitos caidos da velha do cornocontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiacontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalcontos colocando menina pra. mamarcontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestinao acreito que minha sogra me chupou contolésbicas se ralando incerta com bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehttp://okinawa-ufa.ru/conto_22676_eu-e-o-pai-do-meu-namorado..htmlconto erótico. eu minha esposa morando perferiacontos eróticos comi a família da minha mulher inteiraContos eroticos cumi mi.ha cunhada carlaContos eroticos tio belicao nos seios na brincadeira fez a amigagozarcontos porno casadas o negrinho safado