Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ANDRE DO ESTACIONAMENTO - PARTE 6

Thiago não parava de falar, bem típico de quem já estava tomado pela bebida. Aproveitei o momento e dos carinhos nas coxas segurei a toalha que o envolvia e puxei de uma vez, deixando a mostra aquela pica linda e dura que nem ferro apontando para cima.rnContinuando...rnAquilo me deixou com um tesão incontrolável, puxei toda a toalha e enquanto Thiago continuava tagarelando baixei minha cabeça em direção a sua pica e antes que ele tivesse qualquer reação de repulsa cai de boca enfiando o máximo que podia daquele mastro pra dentro.rnQuando eu tirava a pica de dentro da boca me concentrava na cabecinha linda daquele instrumento e passava a língua, beijava e sorvia como quem chupa um picolé.rnAndré observava tudo à distância e atento ao primeiro vacilo do primo para começar a executar nosso plano.rnAgora já totalmente pelado ele já se mostrava integrado de vez naquela situação, gemia muito com minhas chupadas e socava sua pica como quem fode um cuzinho ou uma buceta.rnQuando a situação chegou neste ponto de entrega de Thiago, parei de chupar na certeza que sua reação seria a de pedir que eu continuasse.rnNão deu outra, com voz choramingosa, olhou para mim e disse: rn- Para não, agora que a coisa tá ficando boa você vai parar?rnPronto, era tudo o que eu queria ouvir. Levantei peguei Thiago pelas mãos e o conduzi até a cama no quarto. Sentei na beirada da cama, abri minha boca e ele, já entregue a situação, não se fez de rogado segurando meus cabelos e voltando a fuder a minha boca agora com mais tesão ainda.rnEnquanto mamava aquela maravilha fui me livrando do pouco de roupa que usava até ficarmos os dois totalmente pelados e já prontos para mais uma transa gostosa.rnUma coisa tenho que confessar: rn-Que apesar daquela situação toda ser armada para salvar o André, carinha pelo qual eu já me sentia apaixonado e por isso, não pretendia magoar jamais, o Thiago era tão tesudo, bonito e gostoso que eu já estava me envolvendo naquela hora de forma tão incontrolável que por determinados momentos nem me lembrava que o objetivo maior era o de fazer com que André comesse aquele garoto e acabasse com todas as chances dele vir contar pra alguém que seu primo tinha como amante um homem.rnO envolvimento provocado pelo tesão acaba fazendo com que a gente perca a razão lágica das coisas e acabe se envolvendo em determinadas situações sem medir as consequências. Quem já vivenciou isso, sabe do que estou falando.rnAquela situação foi me deixando doidinho de tesão e me envolvendo de tal forma que acabei por um momento esquecendo completamente o porquê de tudo aquilo.rnPuxei o Thiago para a cama, e continuei chupando aquela pica com tanta vontade que quase ele gosa na minha boca estragando todo um planejamento feito antes.rnColoquei Thiago de joelhos na cama e com as pernas bem abertas, me posicionei de quatro na sua frente e fui me chegando com meu cuzinho aos poucos na cabeça de sua pica que a esta altura estava toda babada de minha saliva e do liquido que escorria muito da cabecinha daquele monumento.rnFui chegando de ré até que a cabeça de seu membro encostasse na entrada de meu cuzinho que piscava querendo aquilo dentro logo. rnQuando senti a cabeça entrando não me controlei mais, empurrei minha bunda, contudo para trás e seu pau, mesmo causando uma dorzinha chata, entrou todo até eu sentir seus pelos me roçando.rnEu movimentava para trás e Thiago para frente. Ele metia, e ia me dizendo coisas como: que tesão, que cuzinho gostoso, mexe seu putinho, agasalha minha pica toda, como é quentinho seu cú. Toma vagabundo, não era minha pica que você queria de novo? Então rebola, senti-aela arregaçando esse rabo.rnEu estava em êxtase como aquela foda. Como o carinha metia bem, como estava me sentindo totalmente preenchido. rnQuando estava quase gosando e ele também, percebo André pelado com a pica duríssima olhando a cena, batendo uma punheta e fazendo um sinal com a cabeça como quem questiona. E ai, cadê o plano?rnTentei colocar a cabeça no lugar, se é que se pode conseguir ter alguma consciência de algo naquele momento de prazer?rnDei um salto pra frente e tratei de mudar de posição, mesmo com Thiago reclamando que não era pra mudar já que tava gostoso demais.rnDeitei de costas para a cama, coloquei um travesseiro debaixo da minha bunda, levantei bem as pernas me arreganhando todo com o cuzinho bem a mostra e falei: - Vem gatinho, me fode assim que quero ver sua carinha de tesão quando gosar dentro de mim.rnThiago cheio de tesão colocou sua pica na entrada e empurrou tudo pra dentro numa estocada sá.rnFiz sinal para o André com a mão indicando que ele deveria entrar em ação, à hora era aquela.rnAndré foi rápido. Agarrou o primo por trás, beijou o pescoço, esfregava a pica de leve naquela bunda linda e com carinhos tão tesudos que Thiago ao invés de reclamar virou a cabeça para trás pedindo para ser beijado na boca. rnAndré é muito tesão, ninguém resistiria, nem mesmo um hétero, que dirá um cara que estava a ponto de se tornar um bi como a gente.rnPara terem uma idéia o André é muito parecido com esse garoto abaixo. O corpo é bem igual, mas André é mais gatinho e além de tudo o meu amorzinho.rnPassava já meia hora e Thiago não aparecia, ficamos preocupados e falei para André ira até o banheiro para ver se estava tudo bem com ele.rnAndré voltou dizendo que tinha encontrado o primo já de banho tomado, sá de cuecas sentado em uma cadeira, muito triste, chorando e dizendo que estava arrependido de ter feito toda aquela orgia sexual.rnQuando olhei no relágio já passava das 4 horas da manhã, fui colocando minhas roupas e dizendo para o André ir cuidar do primo que eu iria embora dormir em minha casa, falei ainda para ele dizer ao Thiago que ele deveria encarar aquilo como uma coisa natural, que não era o fim do mundo e ainda pedi para dizer que estava mandando um beijo pra ele, agradecendo por ele ser uma pessoa legal e amável. rnDespedi-me dizendo que daria um jeito de voltar no domingo à tardinha para uma visita a eles, onde poderíamos conversar mais tranquilamente sobre o ocorrido.rnFui embora com uns pensamentos que insistiam em não me saírem da cabeça: Será que tudo aquilo valeu a pena, será que André não ficou com ciúmes tanto como parece que ficou na hora que eu transava com Thiago?rnE o Thiago, teria valido a pena proteger tanto o segredo do André e por consequência ter causado um prejuízo psicolágico irreparável nele?rnComo comentei, na hora do tesão a gente acaba não medindo as consequencias de nossos atos e não dimensionando o perigo.rnPorém não foi sá o tesão, a gente articulou e armou toda a trama para que Thiago ficasse de bico calado e não contasse principalmente aos familiares de André sobre o nosso caso.rnResolvi ir descansar e deixar essas questões todas para conversar com eles no domingo.rnE assim eu fiz quando retornei para o estacionamento por volta das 19 h.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de coroa com novinhocontoa eróticos de uma mulher dando pra dois home mmincesto contos suruba com minhas irmascontosdesexo padrasto metendo na enteadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos extremocontos erotico viagem trans com gayGay contos meu machoContos eroticos tia morado na minha casasexo gay chatagiando o primominha esposa adora segurar o pau do meu sobrinhoachei que era uma mulherao mas era um travecao que me enganou e socou no meu rabinhominha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandominha esposa de fío dental no trem contosConto de gang bang no posto de gasolinaFodendo com ela contosos pedreiros me estupraram contos eroticosMeu irmão mandou eu deitar com elecontos eroticos minha irma no meu quartoconto garoto esperimentei da cucrente viciada em engolirvídeo de sexo de duas mulher gulosa beijo gosmentocontos lesbico eu a mulher do traficantezoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguacontos eroticos d zoofilia cine maxcomo fui estuprada contos eróticoscontos eroticos esposa em uma orgiabotando o pau devagarinho na xaninha da menina contosSempre passo o dedo no grelinho da minha netaconto minha tia me chamou no banhopapai e mamae rezando conto eroticocontos eróticos cuzinho da mamãeconto de mulher de sc fodendo com cachorrosou uma putinha gostosa da familiacontos rabuda mulher do meu cunhadoeu estava raspada contos de esposa acanhadaSexo com a tatuada contocontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadocasadas que postam fotos de itanhaemcontos escrava lesbicascontos de surubas inesperadascontos de incesto de encoxada em onibuscontos eroticos 9aninhos lesbicacheiro de pica contos gayminha cunhada meu desejocontos eroticos meu cunhado de cuecaContos eroticos.da mamae e filho na casa de praiacontos esposas na praiarabuda e safada incesto contosvidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delaporno zoo insesto e dominacao en contos eroticoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html conto de quarentona a fuder com desconhecidotransei com minha filha conto eróticohistorias eroticas vovo come menima culoiera fodendocontos eroticos realizei meu sonho comi minha cunhada novinhacontos eroticos real sexo cm 13 aninhoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos rasgando a calcinhacontos sexo minhas meninas do sitiocontos apanhando do tutorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticogostosa.acarisiado.a.buseta.deibacho.da.mesaele me enrabocontoso tecnico em informatica me comeuconto porno com o tiopadastro vio a enteada de bebidou e pateu uma poeta xvidioadoro andar sem calcinha contosvidae-mãe finha fazer sexo ela etei u cuzancontos de mulheres ninfomaniaca por sexocontos esposa no baralhocontos eroticos meu marido ficou bebado eu dei para os amigos dele sem camisinha na frente delecontos eroticos crente traindo o marido com o Dogconto erótico meu inimigo banheiroContos eroticos ai mo seu pau ta me matando mete ai ai deliciosa aiicontos eroticos arrombando a gordasou casada vi o meu vizinho na punheta