Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PIRALHA VIRA GATA

Chegando da praia pra ir pro colégio, o elevador de serviço estava ocupado com uma mudança. Uma garota abraçada com um ursinho tomava conta de umas malas.

-aí eu falei: é sua essa mudança?

-é sim.respondeu.

-e eu: pô, que saco é mudança.

eu não tava nem aí, era uma piralha, mas o outro elevador demorou, aí eu falei:

-legal, eu sou do apto tal e se voce precisar de uma internet, coisa assim, pode ir lá.

Falei mais por falar, por que falo a pampa, mas era semana de prova e voltei mais cedo.

nisso to lá teclando e comecei a ouvir um papo, a minha empregada tava na área com uma outra empregada que falava muito alto. o papo era delas mas de repente ela tava contando que tinha vindo com a patroa dela porque a patroa tinha se separado por causa do filho que era "afeminado" e o pai empresario ficou cego de raiva....e por ai vai.

aih, to fazendo umas coisas e juntou a menina com o filho da patroa da empregada. fui na cozinha e perguntei quem era a moça que veio te visitar. Era uma amiga do lugar de onde ela nasceu e por acaso tinha se mudado pro predio naquele dia.

pois é,pois é.

Fiquei num vai e vem até para ver se me desligava e aí dimdom.

a empregada lá de casa sai as 3 e já era 6 horas fui atender e não deu outra era a menina.

toda gracinha, ela é branquinha, falsa magra, cabelos negros pelo ombro, olhos azuis clarinhos. os cabelos molhados ainda. um short fino curto largo e uma camiseta que marcava uns biquinhos. dava pra ver que era uma menina mas não tinha os adereços, brinco, pulseirinha,...

-oi e aí quer entrar?

ela entrou e meio sem saber fui indo pro quarto e o pc tava ligado e fui papeando:

-pois é mudança é uma merda né? e vc veio sozinha pra cá, tem irmão, irmã?

- não, vim com minha mãe, mas ela não pode ficar a semana toda por ter que trabalhar no interior.

- aí eu falei: voce está em que série?

- sexta, mas não sei se vou encontrar uma escola agora no meio do ano.

a voz da gatinha era doce e achei que era outra coisa.

aí eu falei

-meu nome é Eduardo eu tô na segunda do segundo grau e aí qual é o seu nome?

- bem é Vitário, mas é claro que vai me chamar de Vivi.ok?

Fiquei naquela que nem babaca ouvindo por uns minutos.

-Vivi,voce é muito bonitinha, depois quero dar umas voltas com voce.

nisso o celular dela tocou, era a mae dela procurando e ela foi embora.

aí disse assim -vem amanha as 3. dei uma dica de um colegio aberto para a mae dela consultar.

no dia seguinte enxotei a empregada e esperei um pouco e a campainha tocou.

era a Vivi, agora com um calça jeans camiseta curta. reparei a calcinha que ela usava, era uma pequena. tambem tinha peitinho, a bunda maior que os ombros, era muito gatinha, incrivel.

no condominio dava pra contar numa mão as gatinhas como ela.

ela chegou contando que a mae havia adorado o colegio que eu havia indicado e que iria estudar lá, toda falante.

deixei passar a lance e perguntei sobre ela.

ela falou que ela sempre foi assim, que na verdade a mãe havia morrido no parto dela, a mae morava numa fazenda e não teve assistencia no parto. Quem a criou foi a tia que ela chama de mãe. herdou uma grana da mãe e que o pai administra com as suas outras coisas mas que estão brigados e que ele ficou doente.

contou tudo assim.

pediu água e fomos na cozinha, a bundinha balançando ao lavar o copo deu tesao.

voltamos para o quarto e falei que era uma bebezinha e que eu não entendia.

-ela contou que a tia a tratava como as primas, e como era a mais nova herdava umas roupas, pegava e comprava mesmo. junto com isso tudo contou que quando ia comprar anticoncepcional para as primas comprava pra ela tb. Por isso estava ficando mocinha.

fui no computador e como nao tinha outra cadeira ela veio e sentou na minha perna e deixei ela olhar os e-mails dela. as cochas deliciosas. o rego da bundinha lindo. toda cheirosa.

comecei a apalpar a bundinha a barriga e num minuto ela estava de calcinha e eu pelado.

o caralho duro. dei aquela sarrada na bundinha dela e ela ficou batendo uma punheta e me beijando. a hora voou. o celular tocou e ela teve que ir pra casa.

no dia seguinte ela trouxe uma sacolinha com camisinha e ky, foi um tesao ver uma gatinha de peitinho e bundinha, coxa maravilhosa, quase que sem resistir comi ela em pé primeiro de tanto tesao. foi muita foda naquele cuzinho. falei que ela devia trocar a empregada faladeira e colocar uma que nao soubesse de nada, que ela começasse sem passado.

Procurasse um médico para continuar a se hormonizar.

Eu que sempre fui na minha, apresento como Vivi, e cuido do material. e é sá alegria, sair, levar ela pra comprar roupa, fuder muito, hoje minha piralha é uma gata.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


acabei liberando para o meu tio e meu padrasto contos reais Contos gozou dentro e engravideimoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticosvirando moça contosgozou na buceta da garota que o odiavaminhamulhere meucachorroContos gays de cinta liga e fio dentalcaminhoneiro e********* a novinha na beira da estrada de cavalominha esposa me contou suas aventuras sexuaisContos eroticos enteadasso gotosonna sexos eputariacotos heroticos gay neguinho me comeucontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delacontos eroticos arrobei o cu da casada q conhecei na netbia cadela contosmulher e homem dançando bem agarradinho e funk sensualah e. mist traSado no chuveiromenina abrindo a buceta saindo gosocontos marido cornofudendo a sobrinha contoscadelabocetudaconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadormulherdeparararua.blogspot.comContos eróticos de lésbicas gemeas sarrando a bundadei cu de fio dentaporno mulheris con a perna meia canbotacontos eroticos a enteada putinhacontos eroticos fui estupradatraiminha namorada com o pau na cara contos relatos estorias eriticoscontos perdendo a virgindade com o pedreiro e encanadorde camisola sem calcinha filho aproveita o cu dela searchContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadadeixo penetrar sem camisinhaContos eroticos novinha desmaia de tanto gosaaquela pessoa pirocuda da salacontos reas de sexo marta minha tiaContos erotico irmã e sobrinhaContos Eróticos De Veracontos eroticos de pijaminha provocandocontos dexei minha mulhe tomando no cu na minha frentecontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos minha esposa me traiu com minha maecontos eróticos aiiii tesão chupa a buceta aiiiconto erotico enfiou objetome realizando com travesticontos eroticos arrombando a gordacontos comi e apaixonouContos eroticoss adoro trepar sem camisinhaconto erotico casada trai com cunhado ocontos eróticos com gordacontos eroticos zoofilia a loira burra eo cachorro taradocontos eróticos trai meu marido numa rapidinhamete tudopapai contoscontos putinha caralhudo corno chupacontos eroticos orgia nudistanovinha desmaia de tanto gosa conto eroticocontoseroticos comeu a namorada de calcinha fio dentalContos.Del.trabalho.mas.fudi.minha.enteada.bebada.puro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestoconto enteada sem calcinhacorno chupa rola contoscontos eroticos meninas filhinhas subrinhas priminhascontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelcontos porn minetesmeu filho tem um pausao contos zoofilia com gozadas e enguatesvideos porno ti estrubus ti mininas novinhadenrabada pelo meu filho especialcu arrombado de gorda contoscontos eroticos separou pra levar picacontos/meu primeiro broche e fodafui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitaconto gay meu melhor amigo de 37 anoscache:o2QtLYsJB5EJ:okinawa-ufa.ru/conto_23564_totalmente-submisso-a-minha-dominadora.html