Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A GRÁVIDA QUE CAGOU NO MEU PAU

Sou conhecido como o Jardineiro-Shameless. Sou de Sampa.

Adoro uma aventura com mulheres casadas, coroas, mães carentes, e, inclusive, com mulheres grávidas. Curto muito sexo anal, principalmente, com as cagonas e mijonas. Já fiz três mulheres cagarem no meu pau. Adoro ter no meu pau o cheiro da dona. Também curto chuva dourada.

Mas, vamos ao fato !!!

Em dezembro, minha vizinha Dona Dalva que estava grávida de 6 meses, me contratou para fazer o seu jardim.

Ela preferiu marcar para um sábado que estaria sázinha em casa, pois com o marido e seus filhos viajando, ninguém nos atrapalharia. Achei magnífico, pois eu tinha muito tesão por ela. A Dona Dalva, 35 anos, é loira, olhos verdes, linda !!! Eu fiquei sá fantasiando se rolaria alguma coisa. E, rolou !!! Assim que, cheguei lá, a Dona Dalva começou a conversar e foi bem direta no assunto. Disse-me que, há tempos, percebia o meu olhar de tarado pro lado dela. Perguntou-me se estava correta em suas conclusões. Mesmo arriscando a perder a sua amizade, e também, aquele serviço, resolví encarar a situação. Respondí que era apenas a uma fantasia. Aproveitei e me aproximei dela. Por impulso ao tesão da conversa, agarrei-a pela cintura e beijei-a na boca. A safada não sá permitiu, como enroscou a sua língua na minha. Em instante, estávamos pelados na sua cama de casal. Fizémos um torturante 69. Fiz a Dona Dalva gozar três vezes na minha boca. Depois, coloquei-a de joelhos na minha frente e falei que antes, iria gozar na boca dela, pois eu pretendia demorar o máximo possível no sexo anal. Estando um pouco aliviado, com certeza, eu conseguiria retardar a ejaculação e ficaria um tempão enrabando-a. A Dona Dalva entendeu o recado. Obediente, ela abocanhou o meu pau e mamou carinhosamente. Levando-me à loucura. Gozei intensamente, enchendo-lhe a boca de porra. Ela engoliu tudo, até a última gota. Sem dar tempo para relaxar, ainda de pau duro, coloquei ela de quatro em cima da cama. Cuspi em seu ânus e no meu pau. Assim que escostei a cabeçona roxa do meu pausão naquele orifício anal marron, a Dona Dalva chegou a peidar de tanto tesão. Fui forçando aos poucos, até enterrar a minha tora naquele cú piscante. Ela apertava o seu anelzinho em torno do meu pau. Apertava, soltava, apertava, soltava. Aquela grávida cagava o meu pau prá fora e eu tornava a enfiar. Enquanto enrabava ela, fui dedilhando a sua vagina. A Dona Dalva chegou a mijar na minha mão e eu começava a soltar aos poucos o meu esperma. Não aguentando mais, gozei fartamente dentro daquele rabo guloso. O meu pau saiu com fezes dela. Depois daquele dia, transamos outras vezes. Se alguma madame querer me contratar para fazer o jardim é sá me procurar. E-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos entregadorMinha irma adolecente taradinha em conto eroticoMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontoscontos eroticos minha maefez um boquete em mimfudeu a priminha de olhos fechadoconto sexo loira casada primeira dpmehoresfodassarrando a tia de saia curtinha contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetransei com meu com meus dois professoresconto cu dopadachantageada e submetida contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordaconto erotico gay motoqueiro marrentiConto erodico gay usando ropa de mulher contos eroticos enteadacontos - leitinho do tiocontos de chorei com a pica grande do meu vizinhocontos erótico com homens dando o cuzinhocontos tirar leite eróticosesposa de corno cheinha de porra contoler contos de zoofilia homens estrupando cadelinhascontos eroticos arrombou meu cu no quintalninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestiscomendo o cu da sogra contoDotado Tirou sanque do meu cu quandi eu era novinha contocontos de casadas liberadachantageada e submetida contos eroticoscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos comi toda a familiaamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticocontos eroticos perdi meu cabaçominha priminha titio contos eróticosvideos putas chupando e achado q a pica e poucaconto dei minha bucetinha muito novinhaenrabar a minha mãe e a minha irmãhistorias pra gozar minha menima dd 19 aninhose delirarlesbica dopando a amigatezões hentaigarotinho fodinho por adulto contoscontos eroticos deixei o meu cunhado gozar na minha bocacontoseroticos/maeiniciandofilhacontos mais loucos sexoTetas explodem sutiams de mulheresinterracial mulher meia cousa fudendoassistir filme pornô mãe então você tá grande meladaPutinha do papai contocontos eroticos estuprada e gemendo gostoso issooo vaiiii nao paracontos eroticos nas prostitutas com mendigosputinha do papai desde-conto eroticocu ardidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedominado e submisso contosContos eroticos pai liberal.comcontos de tia limpando a casaContos eroticos c imagens v puta de meu sogro e do cunhadoamiga da minha filha tezudinhamarido leva esposa na cabine erotica contoscontos de punheta com botasvirei amante de meu tio novinha contosporno capando o marido contorelatos eroticos tornado femeacontoerotico virgem pai 2filhasContos eroticos me rasguecontos eroticos minha cadelinha manhosamadrinhas branca da bunda empinadacantos erotico casada com lixeirotava me masturbando e meu namorado chego e me chupoucontos eroticos Camping da Bia com meu irmaorelato erotico chupei a calcinha da minha tiaAmigos metem em espoza enquanto corno ve futebol contosmeu marido e um corno/contos