Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CORNO, MAS FELIZ!

Bem pessoal meu nome é Cláudio e está histária é verdadeira, começou quando eu, que sou casado com Flávia uma mulher bonita e muito gostosa, comecei a fantasiar minha mulher transando com outro cara. Essa idéia me veio a cabeça e resolvi contar a ela pra ver qual seria sua reação. Ela me chamou de louco e não levou a sério aquele desproposito. Antes que vocês fiquem pensando bobagem, quero dizer que gosto muito de minha mulher e transamos regularmente, o que me deixa bastante satisfeito. A questão é que gostaria de vê-la chupando o pau de outro cara e sendo fodida por ele. Essa idéia começou a me perseguir e a me deixar cheio de tesão. A grande dificuldade seria como convencê-la a topar uma loucura dessas. Primeiramente fui pra internet e procurei um site de relacionamento com encontros marcados pela rede e descobri rapazes que cobram por sexo com segurança e descrição.

Iniciei a partir daí um cuidadoso contato com vários profissionais buscando o que estivesse mais a altura de minha deliciosa esposa. Finalmente depois de gastar muito telefone, encontrei o Lucas, um moreno atlético, pra não dizer sarado, desses que costumamos chamar de rato de academia, e fiquei perplexo com o tamanho da ferramenta da criança, um verdadeiro jegue. Outra coisa estarrecedora foi o valor do cachê do rapaz: 200,00 reais por 2 horas. Bem, fantasia é fantasia, depois de respirar fundo topei e acertei para ele comer minha mulher numa sexta-feira pela tarde.

Finalmente a tal da sexta-feira chegou, precisava colocar meu plano de corno em ação. Eu necessitava inventar um motivo para levá-la ao apartamento do comedor de plantão, que se localizava na Pituba e era verdadeiramente imponente, daqueles que você sabe que tão cedo não conseguirá comprar. Criei uma histária pra lá de mal contada e que misteriosamente ela acreditou. Disse a gostosona que precisava receber um dinheiro que havia emprestado a um colega de trabalho e que passaria no apartamento dele para reaver a importância.

Quando toquei a campanhia um homem alto e másculo de roupão azul veio até a porta e muito educadamente nos convidou a entrar. Minha mulher olhou pra ele e não conseguiu disfarçar o seu encantamento, quer dizer seu tesão diante daquele homem enorme. Antes de iniciarmos alguma conversa ele se levantou e me chamou até a cozinha e eu fui. Pra minha total surpresa fui agarrado por dois brutamontes que me amarraram, me amordaçaram e me algemaram, ao mesmo tempo em que faziam sinal pra que ficasse em silêncio, em seguida fui levado para uma quarto onde em frente a um grande telão eu via a sala onde minha mulher sozinha aguardava a chegada do nosso anfitrião.

Lucas volta com o roupão semi-aberto, o que foi prontamente percebido por minha mulher e disse a ela que eu tinha precisado sair para trocar o cheque no banco e que logo voltaria. Ela disse: mais ele não passou por aqui! E Lucas disse que eu tinha saído pela entrada de serviço. Ele perguntou se ela queria uma bebida, um café ou água. Ela respondeu que não queria nada e ele disse que tinha que fazer uma edição de um filme para colocar numa mídia de DVD e se ela se importaria em ajudá-lo enquanto eu não chegava. Ela disse que não tinha importância e que ele poderia trabalhar a vontade. O homem ligou a televisão e logo começou um filme de sexo explícito com um homem enterrando o pau na boca de uma mulher, enquanto um 2ª penetrava por trás. Minha amada perguntou a Lucas se o filme era esse e ele disse que sim. Enquanto o filme passava notei que minha mulher não tirava os olhos de Lucas e ele perguntou a ela se poderia sentar perto dela o que ela acenou afirmativamente. Logo ele começou a acariciar as suas pernas e ela passou a mão em seu pau, que por sinal parecia um mastro de navio duro e firme. Rapidamente ele com as duas mãos empurrou sua cabeça em direção a seu pau que ela enfiou todo na boca e começou a chupar com avidez. Nisso o homem num movimento brusco carregou-a e levou até um quarto de cama de casal e vendou seus olhos com um pano preto, tirou sua roupa como se ela fosse de papel e perguntou a ela se queria que ele a fudesse ali naquele momento e minha indefesa mulher disse que queria. Neste mesmo instante, mais dois homens inteiramente nus e com cassetes gigantescos entraram no quarto e começaram a chupar seus peitos enquanto o terceiro iniciou uma incrível chupada em sua buceta. Logo vi minha mulher inteiramente ocupada com um pau na boca sendo chupada na buceta e tendo seu cú lambuzado por gel por um terceiro. Ficou claro pra ela que teria que aguentar os 3. Diante disso um quarto homem me perguntava se estava gostando de ver minha mulher sendo literalmente arrombada por três machos desmarcados? Atônito e com um tesão de lascar, balancei a cabeça em sinal afirmativo. Diante de minha resposta o homem disse que eu era um corno manso e que poderia apreciar a cena de ver minha mulher traçar os três brutamontes. Enquanto isso, os dois primeiros homens revezavam seus paus na boca da desamparada enquanto o terceiro lambia e abria o seu cuzinho com um, depois dois e finalmente três dedos. Em seguida viraram seu corpo e iniciaram uma dupla penetração anal e vaginal enquanto o outro continuava a enfiar seu pau gigante em sua boca, indo cada vez mais fundo obrigando ela a se engasgar constantemente. Em meio a essa putaria, em um quarto amarrado e amordaçado, assistindo minha mulher ser literalmente estuprada por aqueles homens, estava eu com tesão da muléstia, apenas respondendo a um sujeito que a todo momento perguntava se estava gostando e passando na minha cara que eu era corno. Que eu era corno eu já sabia, o que não sabia é se tinha um filho de deus pra bater uma pueta pra mim. Quando acreditei que o fim já estava práximo, pois não acreditava que Flávia fosse aguentar por muito mais tempo aquela surra de rola que ela estava tomando, fui surpreendido mais uma vez. Um dos homens pegou um balde de água com pedras de gelo e jogou em Flávia, com um objetivo claro de despertá-la evitando que ela perdesse os sentidos. Aí então começou uma tortura sexual que eu não vi nem em filme do gênero. Eles amarram a pobre com as pernas abertas sem poder mudar de posição e trouxeram uma mulher com pênis de borracha enorme maior que os membros dos homens e enfiou todo em sua buceta. O urro de dor e gozo ficou claro a todos. Então, enquanto a mulher fodia Flávia com o cassete de borracha, os três homens revezavam enfiando seus paus em sua boca sem dar descanso pra ela. Finalmente os três gozaram em sua boca enchendo seus lábios, olhos orelhas de esperma e obrigando-a com a língua limpar seus paus. A mulher deu uma última estoca e sumiu. Imediatamente fui desamarrado e liberado pra socorrer Flávia que estava desacordada na cama toda molhada. Com calma acordei-a, limpeia-a e a vestir-lhe. Abrir a porta da rua e amparando-a chegamos até o carro.

Quando cheguei em casa, Flávia tomou um banho e foi dormir, prometendo que conversaríamos mais tarde. Sá consegui falar com Flávia no dia seguinte depois do meio-dia, quando ela levantou com uma fome como eu nunca tinha visto antes. Foi assim que almoçando perguntei-lhe se havia gostado da surpresa que lhe preparei e ela disse que amou muito e que queria que eu prometesse que essa não seria a última. Depois disso, me deu um longo beijo e começamos uma transa que durou toda a tarde.

Bem amigos, assim terminou essa histária, minha mulher mais feliz do que antes e eu corno, é verdade, mais muito, muito feliz!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15xvidio.esfregando o pau so no short vermelinhocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)cristine putinha desde movinha contos eroticoscontos eroticos gay dei minha bunda pro filho da vizinhapura foi dar pra cavalo e acaba com a buceta estoradacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMinha esposa obesa dormiu bebada e abriu suas pernas e meteu contobumbum gostoso tomando injeção de calcinhacontos eroticos de travestis fudendo o tiocontos abusado pelo tioContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossaconto erotico minha namorada e meu tioquero tua jeba rasgando meu cucontos eroticos vizinha de camizola curtinhaconto erotico comendo minha sogra minha dobrinha pegou no fragaConto erotico amiguinhaconto erótico de corno chupador de arrombadacontos boqueteconto erotico carona com o sobrinhoContos eroticos incentivei minha mulher a dar pro patrão delacontos eróticos no cu com cachorroscontos de casada rabuda fiel e fogosa cantadapeladas e toda cheia de manteigaArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contostraiminha namorada com o pau na cara contos relatos estorias eriticossempre que saio com uma mulher levo a calcinha dela de lembrança contos eroticoshomem rasga cu de garotinho contosContos eróticos curtos de cachorro lambendo a buceta da vócontos encoxada com o maridoContos eroticos eu e minha familiacontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicorola de meu pai conto gaycontos/ morena com rabo fogosoconto gay pirocao imensomulher escanxa no cachorro e goza gostosocontos eroticos empregada pegando no pau do menino novinhocontoseroticos as 2 filhas daminha visinha vierao brincar com minha filhinha wuen brincou foi eucontos eróticos, minha esposa putacontos eroticos hospital a tiacontos gays com gémeosContos me enganei era traveco com fotoscontos eróticos estupradacontos eroticos de loiras com negroscontos relatos eróticos mamãe exibicionistae o marido viajando no meu tio meu tio meditando contos eróticos transei com eletrabalho quero a cona da tua mulher contosContos rebolo na cacetecontos eroticos abusada levando tapaContos eróticos primeira vez colégiocontos de mulheres ninfomaniaca por sexocontos eroticos arrombando a gordaContos de estupro homens 100 quilosGravida do papai contosmulhe cagando contocontos eroticos encontro com coroa do chatcontostesudoscontos mulher do amigo massagemcontos minha filha enrroscada na minha picaContos eroticos da mamae gostosa e filhocontos eroticos ma minha despedida de solteira fuquei com 25 homensMeu irmaozinho caçula me te penetrouaquela pessoa pirocuda da salacontos eroticos infanciacontos eroticos meu tio meu amante casa de vovocavadinha transando com negãoarregaçando conto heteroConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintacontos de incestos na madrugada ele se encaixou em mim