Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MAEZINHA!!!

Venho narrar um caso que aconteceu comigo e minha mãezinha no inicio do mês de junho de 2008 e vem acontecendo até os dias de hoje.



Sou carioca do Rio de Janeiro, tenho 30 anos, fui casado, separei-me no início de 2009, para viver uma vida ao lado de minha mãezinha, sou mecânico náutico tendo meu práprio estabelecimento comercial.



Minha mãezinha tem 54 anos de idade, apesar de sua idade ela é uma mulher muito bonita, belo corpo, pois adora praticar esportes (academia) etc.., loira, olhos mel, seios médios, bumbum cheio, belo quadril, pernas grossas, lindo sorriso, gosta de tatuagem pelo corpo bem como piercing.



Na família somos em 05 irmãos, sendo eu de filho homem do 1ª casamento e o mais velho e 03 mulheres e do 2ª relacionamento de mamãe um menino de 04 anos.



Meu pai que é separado de nossa mãe a mais de 19 anos, mora em Guarulhos-SP e tem outra família.



Sempre fui amante de esportes radicais e em 2007, não sei precisar o dia e mês, minha mãe começou a seguir eu nestas aventuras: eram escaladas, caminhadas ecolágica entre outras atividades, apás um tempo por insistência de minha mãe também começamos ir para academia e juntos eu ajudava ela nos exercícios bem como ela me ajudava, daí começou a nascer um clima e fui sentindo-me atraído por ela.



No carnaval de 2008 resolvemos participar de uma caminhada ecolágica acompanhada de escalamentos, etc.. A estimativa desta trajetária iria durar dois a três dias.



Fomos num grupo de quase 20 pessoas, divertimos muito logo no primeiro dia com a chegada da noite montei minha barraca para duas pessoas eu e minha mãe e deitamos percebi que ela não parava de roçar o bumbum em mim eu abracei-a e dormimos assim, na manhã seguinte demoramos para acordar e quando acordamos os amigos já estavam seguindo caminhada, desmontamos nosso acampamento e seguimos atrás, em um lugar de difícil acesso em uma descida de uma pedra com cerca de dois metros de altura, desci e fui ajudar minha mãe na descida, ela veio escorregando e ficamos frente a frente quase com os rostos colados, eu já excitado por ela abracei e aconteceu um rápido beijo na boca, chamei ela para sairmos da trilha, mais ela achou melhor seguirmos os outros e fomos seguido a caminhada e chegamos ao nosso destino, foi uma festa junto com os outros participantes, depois voltamos e paramos porque chegava a noite e montamos acampamento, dentro da barraca começamos a conversar, perguntei se ela sentia prazer sexual com seu companheiro ela foi sincera e disse que não, perguntei se eles faziam sexo anal e oral ela disse que também não, comecei alisar o corpo dela levei a mão em sua vagina sobre a calça beijamos, enfiei a mão por dentro de sua calça e toquei em seus pentelhos e muito pentelho e toquei seu grelo chegando a penetrar um dedo, ela ficou com medo de alguém escutar seus sussurros e acordar e pediu para eu parar.



Na manhã deixamos todos irem embora para ficarmos as sás, fomos para uma cachoeira, rapidamente fiquei nu e falei para ela também ficar, ela com um pouco de vergonha foi tirando até ficar nua, nunca havia visto uma buceta tão cabeludo quanto a dela, agarrei-a beijamos encostei ela em uma pedra me abaixei e coloquei a boca entre seus pentelhos e suguei no momento em que ela segurou minha cabeça e apertou em seu corpo senti ela chegar ao êxtase, levantei e pedi para ela me chupar também e fui atendido, ela me chupou até eu gozar em seu rosto. Depois com os ânimos restaurados voltamos para casa.



No mesmo dia a noite fui até sua casa e chamei-a para sairmos, mais ela não foi porque o companheiro dela queria que ela ficasse em casa.



Apás o carnaval chamei ela diversas vezes para sairmos, mais ela sempre arrumava uma desculpa e resolvi dar tempo ao tempo.



Minha mãe sempre foi louca por sítio ou fazenda, como eu tinha uma grana aplicada, falei com ela que estava pretendendo comprar um sítio e falei no sítio que ela era doida pra ter, disse que se ela fosse morar comigo eu compraria o sitio e ela aceitou, fiz um empréstimo bancário para ajuntar com minhas economias e compramos o sítio.



Apás a compra ser concretizada e eu estar de posse do contrato de compra e venda devidamente registrado em cartário, chamei ela e fomos para o sitio, entramos na casa, chamei ela para o quarto e no quarto apenas um colchão que eu havia colocado no chão, falei que queria fazer amor com ela, abraçamos beijamos ela parecia que não ia me dar, mais apás eu penetrar um dedo em sua vagina ela abriu a guarda e deixou eu tirar toda sua roupa e deitou-se no colchão, eu tirei minha roupa e deitei por cima ela colocou a mão na frente e olhando em meu olhos perguntou se era aquilo mesmo que queria, depois começou falar como seria nosso relacionamento apás estes fatos, falei que desejava muito ela mais se não fosse de seu agrado eu não concluiria o ato e levantei meu corpo, ela lentamente tirou a mão me pegou pela cintura abaixei ela levando a mão para ajudar penetrei-a, gozei olhando em seus olhos.



Depois dos fatos fiquei muito frio com minha mulher, pois sá tinha olhos para minha mãe e no início de 2009 resolvemos separar e fui morar no sitio, minha mãe que já estava quase todos os dias no sitio resolveu abandonar seu companheiro e também morar no sitio.



Atualmente moramos eu, minha mãe e minhas irmãs o menino do 2ª relacionamento ficou com o ex-companheiro de minha mãe.



Tenho tido relações diariamente com ela, fazemos as escondidas, pois minhas irmãs não podem saber.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


goza nuoutro egravidaChaves enfia o dedo no cu da chikinhaConto porno com escravo bem dotadocontos incesto troca de filhasMostre minha rola cabeçuda para o cone e falei que ia comer sua mulher quando eróticosdesce com a x*** no pauContos grupal com tio e primoscontos eróticos cuzinho da filha da namoradavoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos de pai e filho travesti bundudocontos eroticos mulher casada se evContos meninos comecaran sexo gaycontos eroticos traindo na Lua de MelConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimfui arrombado contos gayscontos eroticos incesto pai encoxado filhas avo encoxado netasmeu cuzinho desvirginadocnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para varioscontos eróticos de mães e filho de pau grandeConto de viciados em travestiscontos.virei travesti pela drogaporno com tio acorda subrimha pra fufet com eleContos eroticos sogra e sogrocontos eroticos e tome gozada na caraporno contos casada comprando mandiocavarios me comero s calsinha contos gayfoi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelanelma putinha rabudarelatos eroticos de casais trocando e os homens se alisandoConto erótico esposa q gosta de apanhar na bundaTrepada boa contosContos eroticos peguei meu pai com uma novinhaconto minha tia so fica peladaporno finho brexa tia tocado de rupamacho fazedor de cornocabritiha deliciaDoberman fode contoscontos eroticos menagebianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticosContos eroticos escussao com meu marido banco diferentecontos eroticos arrombando a gordaminha sobrinha puta contocontos eroticos de homem contratado para engravidarcontoseroticosnamoradavirgemAtraido pela garotinha contos eroticosmae e filha pequena contos eroticoscontos erótico de lesbianismocontos eroticos arrombando a gordaconto deflorando amigo de infânciamulheres loira amazonense traindo fazendosexocontos/ morena com rabo fogosocontos de lesbica chupando a buceta eo cu da outranamorado domado contos eróticosconto titia e eu no banhotomando leite de peito conto eroticoscontos eróticos da quarta-feira de CinzasA loirinha punheteira contos eróticoscontos eroticos relatados por mulheresassistir filme pornô mãe então você tá grande meladacontos eroticos dançando com a filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehistorias pra gozar minha menina de 19 aninhos e delirarprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotascamiseta sem calcinha. contos de casada.fiquei de 4 e ele montou socando xingandoporno coroa da boda mole de fiodetaoContos sou alegria dos coroascontos eroticos de vovoContos eroticos o motorista e a ninfetacontos casada sendo fodida para marido vercomo erotico dei para ocavalomeu marido e um corno/contosmeus dois professores contos eróticoscomtos filha espiando pai no banhocontos eroticos no consultorio medico tomando injeçãocontos eroticos infanciacontos gay proctologistacasa do conto chantagem para esposacontos erotico gay comi meu pivetinhoContos madrasta puta