Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUPEI A CABEÇONA COM O CUZINHO





Depois de várias tentativas e investidas de um campanheiro de viagem, ao chegarmos no hotel, não aguentei esperar chegar a noite e começar uma foda sensacional.



Com a boca não, quero que você chupe meu pau com o cuzinho. Comecei a entender quando sentou-se sobre as pernas, virando a cabeça para trás e apoiando-se no chão com as duas mãos, com o pau empinado parecendo uma estaca. Molhe bem a cabeçona. Ajoelhei-me e comecei a saborear a chapuleta grossa e saltada. Coloquei na boca, pressionava os lábios e a língua, entrava e saia. Aquilo enxia minha boca. Senti uma corrente elétrica pelo corpo inteiro. Queria chupar mais tempo, mas ele puxou minha cabeça e ordenou: faça a mesma coisa com o cuzinho, mas sá na cabeça, hien.



Virei a bunda, me ajeitei bem, fazendo uma verdadeira ginástica, empinei, abri as nádegas comecei a chupar aquele instrumento com o cuzinho. Demorou um pouco, consegui fazer a cabeçona, taufe, entrou. Fiquei tempo parado para sentir, meu cuzinho se amoldou à cabeçona. Começou a piscar, a morder o que ele mais gosta. Senti um arrepio em toda a coluna dorsal e estremessi, gritei aiiiiiiiiiiiiiiiiiii. Tire bem devagarinho. Fiz um lento movimento para a cabeça sair, doeu um pouco, mas uma dor de tesão, prazer e submissão. Engula novamente, assim, assim, essa tua "boquinha" tá muito gostosa. Assim, vai, vai, chupe a cabeça com a boca desse cuzinho, chupe. Aprendi logo o movimento e cada vez ganhava maior habilidade. Robolava, abria bem e engulia com prazer. Quando a chupuleta estava dentro, apertava, contraia o cuzinho. Aiiiiiiiiiiiiii, que delíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiicia, mexia, entrava e sai, gooooooooooozei pelo pau, enlambuzando o chão. Continue chupando. Continuei mexendo, mexendo, entrando e saindo, chupando com o cuzinho.



Agora eu quero comer, enxer teu cu de porra. Você vai ser minha menina. Fiquei de 4 pronto, já que o meu cuzinho estava devidamente lubrificado e com tesão, não havia gozado ainda. Adoro gozar pelo cu e de pau mole, é o momento mágico de dar, ser possuido como uma mulher. Ele posicionou a cabeça e entrou com certa facilidade. Me pegou pelos ombros, puxou bem forte e enterrou tudo de um vez sá. Eu vi estrela e gritei aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. A grossura da cabeça foi rasgando, arrancando minhas pregas, uma enorme pressão interna, senti invadido na profundeza do anus. Fiquei automaticamente com a bunda empinada, sem controle. Espere, espere, espereeeeeeeee eu me acostumar um pouco com tudo isso. Ele abriu minhas nádegas com as mãos e empurrou mais, soltei outro gritinho uuuuuiiiiiiiiiiuiiiiiiiiiiiiuuuiiiiiiiiiiii, agora de tesão. Com a pica bem lá dentro de mim, ficou parado, mas pressionando, amasando minhas nádegas. Senti que estava tremendo, meu corpo não conseguia parar.



Passado longo dois ou três minutos, sei lá, consegui contrair apertar o pau. Contraia, empinava e escancarava mais a bunda. Meu pau encolheu, recolheu-se inteiro. A sensibilidade estava no cu, desde a entrada até as entranhas. Sentia pulsar tudo lá dentro. Cada piscada, o pau pulsava. Rebolei ligeiramente, pressionando a bunda sobre o seu pau. Foi o sinal para ele começar um movimento, primeiro lentamente, depois forte e rápido. Alternava rápio e devagar, eu sentia um calorão ao longo do ânus. Tirou bem devagarinho e empurrou forte, meu cuzinho era sá contração, da entrada até o final, pressionei mais contra o aquele pau delcioso e grosso e gazeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, hummmmmmmmmmmmm, aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, que loucuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuura. Assimmmmmmmmmmm, assimmm, que gostoso esse pau, como é bom gozar pelo cu!



Ele ainda não havia gozado. Agora mexa, rebole no meu pau, quero enxer o teu cu de porra. Empinei mais, abri e comecei a rebolar, rebolar, mexer, empurrar o cuzinho contra o pauzão. Fazia um movimento lento, empinava e enterra tudo no meu cu, sentindo a pressão da picano. Rebolava, mexia, gritava. Goze no meu cu, goze, enxa meu cu de porra. Quero engulir tudo pelo cu, enfia. Urrava, contraia. Eu queria gozar pelo cu novamente. Meta, meta cavalão, meta na sua potranca, meta, quero comer essa vara inteira pelo cu. Aiiiiiiiiiiiiiii, aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, enfia asssssimmmmmmmm, gozeeeeeeeeeeeeeeee, enxa meu cu de porra, enxa. Senti o volume crescer mais nas entranhas, agora, assim gozeeeeeeeeeeeeeeeeeee, gozeeeeeee em mim, contraindo o cuzinho, mordendo a pica. Ele gozou e eu também. Foi a minha melhor foda. Ele falou a mesma coisa.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


http://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto_29412_eu-e-sil-sua-mae-assiste-tudinho..html&ei=1Kd9m-1b&lc=pt-BR&s=1&m=817&host=www.google.com.br&ts=1490805753&sig=AJsQQ1BphuM3pDKWCoUN5S7o2Fw319rWgQnovos contos eroticos chantagem com a madrastafodas de esposas q gostam de ser curradasorando outros peitões da bundona gostosacontos eroticos de manauscontos eroticos de cunhado transando com a cunhada casada com o marido dela aceitandoCont erot de madrastadona florinda so ela dona florinda vaginacontos eroticos aquele pintinhocontos eroticos fetiche trans branquinhacontos minha irmãzinha tinha mania de sentar no meu colocontos eroticos gay-menor de idadevideos mulheres negras coroas de absorvente internocontos de encoxada em ônibuscontos eroticos incesto na infanciasou casada rola grossamurhler.abusada.estrupradoestuprada com objetos contos eroticosCunhada dormindo com a bundinha descobertaConto comi esposa do meu irmao e gozei dentroVer casadas falado de conto eroticos que corneo o marido com homem do pau bem grandemeus peitinhos doíam...gozando no colo do papai contoscontos de um viadinho tarado que è humilhadocontos eroticos me chantageoconto erotico sobrinhacontos eroticos arrombando a gordasamba porno buceta com sujeiras brancasminha mulher me comeucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erótico fodendo a mulher do professorvideo porno gostozinha de vestido preto sndo fodida com amae do ladaconto espiando transa do tiocontos eroticos namorada virgem do cornoContos eróticos deixa eu ver só um poquinhocontos gays abusadoconto erotico submissa gozei choreicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos minha gostosa das academiaContos eroticos virgem remexeprimeira vez que comi meu amigocontos eroticos espermacontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadeconto erotico lesbico chupa meu grelinho ai vou gozar isso não para ai ai ai to gozandocontos eróticos mulher casada que mora com seus pais chegar mais a capoeiraConto erotico pagandoesposa de corno cheinha de porra contoo velho tarado me comeu contocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos babdido comeram eu e meu maridoos nomes dos geladinho do ice lokocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de meninas sapequinhasconto erotico sou uma mulher casada adoro ver filme porno ver cavalo comendo mulhercache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html contos erodicos toma no cu tomacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteesfregando na irma caçula contosfotus de zoofiliacontos eróticos amadores com fotos de casais realizando fantasias de Megane masculinoContos eroticos gosto de estupro seiospapai poi teu caralho na minh conacriando o sobrinho banho contolesbica dopando a amigaconto erótico ricoe mendigosexo com maior tesao com a negona de vestidocontos de travestis comendo os patroesvideo gay meu irmao me estuprouver conto veridico minha baba abusado por minha babacontos eróticos pular pulamadrinhas branca da bunda empinadadou para o meu irmao contosContos Bota no cu tioconto erotico esposa e mendigoMeu nome é Luiza, tenho 26 anos, 1,70 mcontos meu amigo dopou minha mulher